Varejo na Páscoa deve crescer apenas 4,9%

0
53

Ovo_Pascoa

Ovos de chocolate preto, ao leite, meio amargo, branco, de colher, em formato de coração ou recheados. Mesmo com as diferentes propostas dos fabricantes para a Páscoa de 2013, as vendas devem aumentar em apenas 4,9% em relação a 2012.

Segundo estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o total esperado é de R$1,59 bilhão. Será a menor taxa de crescimento desde 2009. Nas compras, hiper e supermercados respondem por 87% do faturamento do varejo no período da Páscoa.

A expectativa baixa em relação a produção deste ano também reflete na contratação de mão de obra extra. . “Assim como em outras datas comemorativas, a demanda sazonal estimula a contratação temporária de mão de obra por parte do varejo, que, na Semana Santa deste ano, deve corresponder a aproximadamente 7,1 mil postos – menos que os 8,7 mil do ano passado”, afirma o economista Fabio Bentes, da CNC. Segundo Bentes, a Páscoa é uma das datas comemorativas mais importantes do varejo nacional, perdendo, em faturamento, apenas para o Natal e o Dia das Mães.

Fonte: CNC

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Insira seu seu nome aqui