Em 2012, e-books representaram 23% do mercado de livros dos EUA

0
127

A venda de e-books correspondeu a quase um quarto do mercado de livros americano no ano passado, de acordo com o estudo StatShot, da AAP (Associação Americana de Editores, na sigla em inglês).

Segundo a entidade, os livros eletrônicos geraram receita de US$ 1,54 bilhão em 2012. O valor equivale a 22,55% US$ 7,1 bilhões arrecadados pela indústria no período.

No formato digital, só os títulos de gênero adulto (ficção e não ficção) arrecadaram US$ 1,25 bilhão. Publicações digitais infantis, juvenis e religiosas foram responsáveis pelo restante da receita.

A AAP lembra que em 2002, quando começou a analisar o mercado de e-books, as vendas dos digitais não representavam mais de 0,05% do total do mercado editorial.

A pesquisa mostra que o segmento de livros digitais continua a crescer em 2011, os e-books representavam 17% do total de livros vendidos; em 2009, apenas 3%–, mas sugere que esteja desacelerando.

Com informações da Folha de S. Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Insira seu seu nome aqui