As tendências do varejo brasileiro de materiais de construção

0
1906

material-de-construcao-1_BLOG

Uma pesquisa elaborada pela área de Pesquisa de Mercado da GS&MD – Gouvêa de Souza apresentou os principais tópicos sobre o mercado de materiais de construção e suas tendências. Este mercado representa 1,8% do PIB brasileiro e demonstrou forte recuperação nos últimos 3 anos com taxas de crescimento anuais superiores as do varejo em geral.

Segundo o estudo realizado, a projeção para os anos de 2013 e 2014 são de R$ 90,8 bi e R$ 104,4 bi, respectivamente.

Dos consumidores entrevistados, 38% iniciaram a reforma para ampliar o espaço da casa, logo em seguida, 16% precisaram reformar porque a família aumentou. Destes consumidores, 52% compraram materiais básicos em lojas de bairro, ou seja, estas detêm mais da metade do mercado de materiais básicos brasileiro, seguidas pelas homecenter/grandes lojas que representam 18,3% do mercado.

Já, entre os varejistas, para a escolha da marca, 56% têm como critério o preço. Depois de preço, o principal critério para escolha das marcas é a solicitação dos clientes.

Para estas conclusões, os estudos foram extensos. O público abordado foi de consumidores que iniciaram reformas há menos de 6 meses, profissionais do segmento de construção civil, proprietários e gerentes de lojas. Ao todo, foram 1200 entrevistas pessoais, 10 perfis etnográficos, 4 shop alongs, 9 entrevistas em profundidade com especificadores, 9 entrevistas em profundidade com executores e 720 entrevistas por telefone.

No próximo dia 20 de junho será realizado o Fórum de Desenvolvimento do Mercado de Materiais de Construção, no Centro de Convenções Milenium, em São Paulo, trazendo mais informações sobre o setor. Saiba mais: http://ow.ly/kA583

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui