Instituto é criado para defender o crescimento do Foodservice no Brasil

0
538

Nesta quinta-feira, dia 22 de agosto, o Instituto de Foodservice Brasil (IFB) inicia oficialmente suas atividades. Formado inicialmente por 20 empresas que atuam no mercado de alimentação fora de casa, o IFB concentra cerca de 170.000 empregos diretos no país, 4130 unidades. Ao contrário das demais associações empresariais, fortemente setoriais, o Instituto de Foodservice Brasil cobre toda a cadeia de valor deste segmento, congregando fornecedores de alimentos e bebidas, distribuidores de produtos, serviços, equipamentos e operadores de rede.

O mercado de Food Service no Brasil movimenta em torno de 130 bilhões ao ano. Em 2012, cerca de 32% da população brasileira fizeram suas refeições fora de casa ou compraram alimentos prontos e os levaram para suas residências. Trata-se de um mercado em constante crescimento. Em 2002, por exemplo, este índice estava em 24%. A título de comparação, o mercado de Food Service cobre 40% da sociedade nos Estados Unidos.

CB100667

“Nos últimos anos, tivemos um expressivo crescimento do mercado de alimentação fora do lar devido ao aumento da renda e mudança de hábitos de consumo”, diz Tupa Gomes, CEO da Martin Brower e coordenador geral do IFB. “Tudo indica que esses fatores vão continuar a impulsionar o segmento, que deverá atingir uma penetração semelhante à dos Estados Unidos em alguns anos”.

As empresas que já se filiaram ao IFB são: Alsea, Ambev, BFFC, BRFoods, Burger King, Coca-Cola, Comfrio, GS&MD, International Meal Company, Junior Alimentos, Makro, Marfrig, Martin Brower, Nestlé, Outback, Spoleto, Subway, Taylor, Unilever e Zamboni

Sobre o IFB:

A missão do IFB é unir a cadeia de valor – fabricantes, prestadores de serviços e operadores de redes – em prol do crescimento, profissionalização e amadurecimento do Foodservice no Brasil.

A visão do Instituto é elevar o segmento de Foodservice do Brasil ao padrão de classe mundial de consumo, segurança alimentar e eficiência operacional e unir toda a cadeia de valor com o mesmo objetivo.

O IFB possui cinco comitês permanentes, que buscam discutir e aprimorar os seguintes temas:

  1. Gerir e Compartilhar dados e informações
  2. Eficiência na cadeia de distribuição
  3. Desenvolvimento de pessoas
  4. Segurança Alimentar e Sustentabilidade
  5. Racionalização tributária

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui