Os aeroportos como opção para a expansão do varejo

0
116

A exemplo do que acontece com alguns aeroportos internacionais, como o aeroporto Incheon International, em Seoul, na Coreia do Sul, os aeroportos brasileiros estão vendo no varejo a oportunidade de aumentarem suas receitas, com a abertura de novos pontos comerciais. Em São Paulo, o GRU Airport dá passos nesse sentido, com a inauguração o Terminal 3, destinado a vôos internacionais, mas que tem também uma “avenida” ocupada por grifes de luxo, alimentação e até hotel, batizada de GRU Avenue.

De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, com os recentes investimentos nos aeroportos brasileiros, a capacidade de passageiros aumentou em 70 milhões de novos passageiros por ano e tiveram também a criação de mais de 11 mil vagas de estacionamento.

Marcas como as internacionais GAP, Desigual, Burberry, as brasileiras Chilli Beans e Puket e as de alimentação como Carl’s Jr e Bacio di Late, já estão apostando nos aeroportos.

17_06_2014

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Insira seu seu nome aqui