Shampoo Google

0
107

Ainda não é para agora, mas provavelmente não está muito distante o dia em que o Google poderá lançar produtos de uso, digamos, mais prosaicos.

Quem sabe poderemos ter sabonetes, shampoos, creme de barbear e até mesmo papel higiênico e fraldas, todos rigorosamente desenvolvidos a partir do profundo conhecimento do comportamento dos consumidores com informações coletadas, catalogadas e analisadas em detalhes a partir de tudo que trafega no ambiente digital, segmentando, clusterizando ou individualizando a oferta desses produtos.

Numa visão mais ampla no tempo, não está muito distante a perspectiva de carros Waze, motos Uber, vestidos, camisas e calçados Alibaba e papinhas Amazon. Ou algo próximo disso.

Devaneio? Talvez não.

O que o Era Digital ainda nos reserva não pode ser correta e quantitativamente dimensionado mas já pode ser imaginado a partir da transformação que temos vivido nos últimos tempos e as profundas mudanças que essa nova realidade traz para a estrutura do mercado.

O varejo avançando no desenvolvimento e oferta das marcas próprias, como têm feito as principais corporações do setor e com crescente aumento da participação dessas marcas no conjunto dos negócios que, no setor de moda, já significa quase que 100 % das vendas das principais redes globais.

A indústria fornecedora desenvolvendo canais próprios e exclusivos no ambiente físico e digital em quase que todas as categorias envolvendo tecnologia, eletrônicos, móveis, eletrodomésticos, artigos para lar, móveis, calçados, vstuário, alimentação e bebidas, só para citar algumas.

E completando o cenário, novos players entrando no jogo, como Amazon com seus produtos exclusivos e marcas próprias, avançando no mercado de perecíveis, com a Amazon Fresh que acaba de iniciar operações também em NY na região do Brooklin, ainda em piloto e migrando do ambiente digital para o tradicional, com a abertura de lojas próprias, a primeira delas em NY na rua 34, bem próxima da Macy’s e do Empire State Building.

Para animar ainda mais o jogo da transformação radical global ensejada por ações e reações derivadas da era digital, a Procter & Gamble testa seus mais novos negócios, criando redes de lavanderias Tide – Dry Cleaners ou lava rápidos Mr. Clean – Car Washers, usando suas conhecidas marcas e expandindo via franchising na sua divisão Agile Pursuits.

É um cenário onde os modelos até então desenvolvidos são subvertidos por essa transformação radical e o que era conhecido, aceito ou praticado toma nova dimensão a partir da sistematização do conhecimento vindo domínio da informação e do monitoramento, antecipação de desejos e predição do comportamento futuro do consumidor.

A partir da valoração desses novos ativos representados pela capacidade de conhecer e antecipar o comportamento futuro e a condição de criar um relacionamento diferenciado com os consumidores, temos uma enorme transformação no mercado com empresas e marcas sendo reavaliadas por sua capacidade em usar todo esse instrumental na geração de novas oportunidades e rentabilidade em negócios.

Para as empresas nascidas no ambiente digital, como Amazon, Google, Waze, Uber, Alibaba, lógico está que antes de migrar para produtos tangíveis, sejam eles de qualquer natureza, o ciclo de difusão passará pela crescente incorporação de novos serviços derivados da proposta original, como já tem acontecido, seguido por “devices” que integram serviços digitais, como os celulares e smartphones, passará pela implantação de lojas físicas, como ocorre com Amazon ou Microsoft, mas, chegará o momento que o conhecimento, o capital e a vocação expansionista os impelirá para o mundo mais mundano dos produtos de consumo, podendo começar pelos mais sofisticados, como carros, motos, eletrônicos, bicicletas, equipamentos de som, etc e evoluir para muitas outras alternativas.

Na continuidade poderemos avançar ainda mais para muitas outras categorias, marcas e slogans, podendo surgir Fraldas Intel Inside, em que o chip avisa antes que você sinta o cheirinho, Papel higiênico Microsoft, o melhor final para o seu download ou também o Shampoo Google, o que conhece seus cabelos e sua cabeça como ninguém!

Marcos Gouvêa de Souza (mgsouza@gsmd.com.br) diretor-geral da GS&MD – Gouvêa de Souza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Insira seu seu nome aqui