A comunicação interna voltada para o resultado

0
54

Por Jean Paul Rebetez*

Na minha coluna de hoje abordarei um assunto deveras importante em tempos de busca pela eficiência e resultado, que com certeza está na cabeça de 99% dos nossos executivos. Falarei sobre a comunicação interna das empresas voltada para resultado.

Como sermos eficientes neste ponto, sistematizar certas ações com foco no resultado e produtividade?

Seguem algumas dicas fáceis de resolver o assunto que podem nos ajudar nas questões apontadas.

Todas as áreas da companhia devem gravitar em torno de metas. A grande vantagem da grande empresa sobre a pequena e a média é o foco constante em resultados, por meio de planejamento, responsabilidade clara, acompanhamento e cobrança:

1 – Planejamento.
Planejar com cada área todas as variáveis que influem no resultado.
– Produto, (estilo e compras) vendas, margens brutas, coberturas e aberto para recebimento;
– Lojas: vendas, conversão, peças por atendimento e inventário;
– Administrativo e finaceiro: despesas e orçamento.

2- Responsabilização clara.
Não devemos ter mais de um responsável por cada área, evitando o “deixa que eu deixo”. As avaliações dos executivos devem ser baseadas em suas metas. Evite a enorme quantidade de conversas sem foco, palavras ao vento não valem nada. Só vale aquilo que está anotado.

3- Acompanhamento e cobrança.
Três tipos de cobrança, relatórios, contatos individuais e reuniões. Relatórios devem ser muito poucos e devem caber em uma folha A4. Nele, gerenciais e não contábeis, além de linhas e colunas que sejam muito importantes. As reuniões devem ser feitas sempre no mesmo dia e horário, nunca mais do que duas horas, e não mais do que oito pessoas e quem executará tem que estar presente – hora para começar e hora para acabar.

Contatos individuais – assuntos não emergenciais devem ter reuniões rotineiras programadas idealmente, mesmo dia e mesma hora. É preciso comunicar as decisões às áreas envolvidas com o assunto. Essas comunicações devem ser feitas sempre por escrito.

Sistematização e planejamento são ferramentas para busca da eficiência no cotidiano, nossos negócios mais do que nunca carecem de resultados, como gestores foco é tudo no dia-a-dia.

Bons Negócios à todos!

*Jean Paul Rebetez (jean.rebetez@gsmd.com.br) é diretor de Consultoria da GS&AGR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Insira seu seu nome aqui