UBER e taxistas. Concorrência ou oportunidade?

0
224

Por Luiz Felipe Ennes*

Assim como em qualquer roda de conversa na última semana, aqui na GS&ECOMM não foi diferente. Discutimos muito sobre essa “briga” entre UBER e taxistas. Nosso papo começou com uma frase de um de nossos diretores: “Isso é coisa de quem se beneficia do sistema e não inovou de acordo com a evolução do comportamento humano”. Se apoiar em um sistema que só o beneficia e não ao consumidor é rota certa para o fracasso. 


Leia também:

– LATAM Retail show tem credenciamento grátis para expo com benefícios

– Gerente da Fresh Market palestra no LATAM Retail Show


Sempre falamos da Omniera, onde o consumidor está no poder. Que ele (o consumidor) decide onde, quando e como vai se relacionar com uma empresa. Mais que isso: ele escolhe o que consumir! Para atender esse Neoconsumidor, as empresas precisam se reinventar. 

Ir contra a inovação não faz sentido algum. Já pensou a sua vida sem o WhatsApp? E sem o Netflix? Todos nós usamos e já não queremos mais ficar sem. Mas por quê? Simplesmente porque essas empresas encontraram uma forma de ajudar o consumidor a seguir escolhendo o que, quando, como e onde quer consumir um produto ou serviço.

Já pensou se na década de 90 os Correios se rebelassem contra os serviços de e-mail? Não dá, né? O varejo se reinventa todos os dias. Novas tecnologias, treinamentos e novas formas de se relacionar. Enfim, tudo para atender esse Neoconsumidor.

Daqui a duas semanas acontecerá o LATAM Retail Show, o maior evento de varejo da América Latina e lá será apresentada a Omniera – A Loja do Futuro. Foi desenvolvida a metodologia baseada em conveniência, convergência, inteligência e principalmente experiência. Criamos os processos, escolhemos os parceiros de tecnologia e isso tudo com um só objetivo. Atender esse consumidor!

Nós que trabalhamos com e-commerce já fazemos isso desde sempre e agora estamos apenas levando esse conceito para o ambiente físico. Leia-se físico mesmo e não OFFLINE!

Esse é um exemplo claro de como lidar com a inovação. Brigar pelo consumidor, não faz sentido. Mantê-lo na loja física ou fazer de tudo para que ele fique online não é a saída. Temos que fazer de tudo para que ele fique conosco, para que ele nos escolha, mas independente do canal.

Nossa ideia é levar esse conceito que será apresentado para todo o varejo. É trazer para o presente esse futuro que já está acontecendo. É se tornar Omni de verdade!

Por meio desses novos serviços e novas tecnologias, ao invés de brigar, precisamos parar e olhar pra dentro de casa e entender se realmente estamos encostados em um sistema que “sempre funcionou” ou estamos em busca do novo!

*Luiz Felipe Ennes  (felipe@gsecomm.com.br) é sócio e responsável pela área comercial  da GS&ECOMM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui