Confira 15 boas opções para abrir uma franquia em 2017

0
43

Em 2017, Fabio Vianna, de 38 anos, deve ter motivos para comemorar em dobro no campo dos negócios. Dono de uma microfranquia da rede de limpeza comercial Jan Pro, ele será beneficiado, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF) Rio, por empreender numa atividade e num formato que devem se destacar no segmento no novo ano. A entidade elaborou uma lista com opções para quem busca abrir um negócio, sem correr riscos de ter prejuízos em meio à crise.

Isso, porém, depende de a escolha ser aliada de boas práticas na empresa — entre elas, fazer um planejamento anual, como o EXTRA ensinou na terça-feira passada.

— O interessado em abrir uma franquia deve ter o cuidado de avaliar o segmento no qual entrará, verificar se está indo bem ou não, e fazer uma análise apurada de como atuar — diz Claudia Bittencourt, diretora-geral da consultoria Grupo Bittencourt.

A lista da ABF traz 15 sugestões para os empreendedores (confira ao lado, na íntegra), a maioria voltada para alimentação e serviços.

— Negócios que eram informais, como serviços de diaristas e cuidados com idosos, estão se estruturando a partir do franchising. E devem crescer as áreas que gerem conveniência, praticidade. É uma necessidade da população — explica Claudia.

Fabio sente isso desde que abriu sua franquia, há um ano:

— Achamos que é simples gerenciar limpeza. Mas, sem expertise, não se faz um serviço tão bom, e o custo fica alto. A Jan Pro inverte isso: executa serviços com número menor de funcionários e usa produtos e equipamentos de ponta de um fornecedor que cobra mais barato.

Além das atividades elencadas, as franquias que exigem menor investimento, como as microfranquias, e as que permitem trabalhar de casa também são boas opções por diminuírem gastos.

Cientes das obrigações

Quem optar por fazer parte de uma rede também deverá considerar a perspectiva de bom desempenho do franchising, de forma geral, cuja projeção de crescimento é de 9% a 10% para o próximo ano. Mesmo atuando num segmento em alta, e ciente dessa expectativa, o empreendedor não deverá relaxar, diz a especialista em franchising Gélia Carvalho:

O sucesso de uma franquia acontece quando todos estão cientes de suas obrigações. De nada adianta a franqueadora ter um ótimo modelo de negócios, produtos e serviços que garantem um excelente lucro, suporte em todas as áreas ou qualquer outra ferramenta que venha a potencializar o resultado da operação, se o franqueado não despender da dedicação e dos esforços necessários para fazer o negócio acontecer — afirma ela, sugerindo aos franqueados: — Estabelecer um planejamento conciso, um posicionamento correto, e a capacitação dos envolvidos são os itens fundamentais para a diferenciação de qualquer negócio e a superação de dificuldades.

É por isso que Renata Oliveira, de 43 anos, preparou seus funcionários, antes mesmo do início da operação de suas microfranquias de venda direta da Ecoville, voltada pra produtos de limpeza, que devem ocorrer nesta semana.

— Além dos produtos, vamos oferecer nas portas dos clientes uma consultoria sobre como utilizá-los. Tivemos um treinamento feito pela própria franqueadora, e já treinei meus funcionários — conta.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Insira seu seu nome aqui