Vendas do Dia dos Namorados caem pelo segundo ano consecutivo

0
10
Valentine background of gift box and rose petals on white wood. Space for copy.

Levantamentos apontam queda nas vendas da última data comemorativa do primeiro semestre

Segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio – Dia dos Namorados 2017, durante a semana da data – de 06 a 12 de junho -, as vendas em todo o Brasil caíram 0,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. No ano passado, o índice caiu 9,5% em relação a 2015, apresentando o pior desempenho desde o início da série, em 2006. 

Na cidade de São Paulo, as vendas realizadas na semana do Dia dos Namorados caíram 1,9% ante a mesma semana do ano passado. No final de semana da data, as vendas tiveram queda de 4,4% em relação ao período equivalente de 2016.

Fonte: Serasa Experian
Fonte: Serasa Experian

 

O elevado patamar de desemprego e a reduzida confiança do consumidor na economia pesaram negativamente sobre as vendas dos Dia dos Namorados deste ano, embora o resultado tenha sido melhor do que no ano anterior, porém ainda se mantendo negativo, analisou a entidade. 

Já os dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), registraram queda nas vendas parceladas (-9,61%), na comparação com o mesmo período do ano passado. Desde 2011 o ritmo do comércio para a data vem desacelerando, sendo que nos últimos quatro anos as vendas registram resultado negativo. Em ano anteriores, as variações foram de -15,23% (2016), -7,82% (2015), -8,63% (2014), +7,72% (2013), +9,08% (2012), +10,80% (2011) e +7,23% (2010). 

spc
Fonte: SPC Brasil e CNDL

 

“Os consumidores estão mais preocupados em não comprometer o próprio orçamento com compras parceladas, por isso optaram por presentes mais baratos e geralmente pagos à vista”, analisou Honório Pinheiro, presidente da CNDL. 

O Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio tem como base uma amostra das consultas realizadas no banco de dados da empresa no período de 06 a 12 de junho de 2017 e comparadas às consultas realizadas no mesmo período de 2016; e as do período de 9 a 11 de junho de 2017, em comparação às do período de 10 a 12 de junho de 2016. O cálculo de vendas a prazo do SPC Brasil é baseado no volume de consultas realizadas ao banco de dados do instituto, entre os dias 5 e 11 de junho deste ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Insira seu seu nome aqui