5 habilidades que você precisa para conseguir um emprego "do futuro", segundo a revista Fast Company

0
739
Four active young people sitting on beanbag chairs around small table in cafe, working and discussing ideas. High angle view.

Embora quase a metade dos empregos nos EUA possa ser afetada pela automação nos próximos, vale a pena pensar estrategicamente em quais habilidades você deve desenvolver agora para aumentar a sua empregabilidade no futuro e conquistar diferenciais que os robôs não possam desenvolver muito bem – pelo menos, por enquanto.

1. STORYTELLING

Desenvolver a habilidade de contar histórias pode ser útil para profissionais em diferentes segmentos. Desde impulsionar o seu currículo até atrair clientes e concretizar vendas. Ou melhorar a sua capacidade de liderança e convencer sua equipe. 

2. COLABORAÇÃO

Apesar da demanda cada vez maior por conhecimentos técnicos – especialmente associados ao uso de novas tecnologias – os empregadores também valorizam profissionais que tenham boa comunicação verbal e escrita, capacidade para resolução de problemas, inteligência de negócios, gerenciamento de projetos e habilidades de trabalho em equipe. Portanto, desenvolver a sua capacidade colaborativa – seja com pessoas ou em projetos cada vez mais multidisciplinares – pode fazer toda a diferença. 

3. GESTÃO DE PROJETOS

Cada vez mais veremos nas empresas a figura do “gestor de projetos”. Caberá a ele – ou ela – manter o projeto em movimento, rastrear todas as etapas e manter o time sincronizado. Especialmente se envolver pessoas com especialidades, áreas ou até empresas distintas. Também precisará ter a habilidade de lidar com projetos com começo, meio e fim, serem flexíveis e voltados para soluções que busquem sempre os melhores resultados possíveis.

4. RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

Neste cenário colaborativo e multidisciplinar, ter a capacidade de resolver conflitos será essencial. Para isso, o profissional precisa desenvolver quesitos como inteligência emocional – necessária para entender o que a linguagem corporal de outra pessoa e outras pistas não verbais podem estar dizendo naquele determinado momento (seja durante uma reunião com o board da companhia ou em um relacionamento com clientes). Boa articulação, seja no ambiente virtual (na troca de e-mails ou mensagens de texto, por exemplo) como no ambiente real, em uma reunião presencial, serão sempre bem-vindos.  

5. GESTÃO DE PESSOAS

Ainda mais em um período cada vez mais marcado pelo empreendedorismo e pelo surgimento de startups, saber lidar com pessoas torna-se cada vez mais importante – e muitas vezes uma habilidade negligenciada. Muitas vezes, os recrutadores avaliam apenas o conhecimento técnico para cargos gerenciais, esquecendo-se de que estes profissionais terão que lidar com outros colaboradores e/ou clientes. Empatia e paciência, além de saber ouvir, são alguns dos quesitos essenciais para lidar com pessoas. 

Segundo a revista, muitas dessas habilidades não constam nos anúncios para as vagas que estão disponíveis, pois muitas vezes os próprios empregadores desconhecem que tais capacidades são importantes para o sucesso do trabalho. Mas destaca que tais habilidades nunca foram tão – ou mais – importantes para a sua carreira atual e também para o seu futuro. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui