Nova tarifa, com até 30% de desconto para quem não despachar bagagem, é preferida por 65% dos clientes da Gol

0
625

Segundo a companhia, o novo pacote, que começou a vigorar em 20 de junho deste ano, oferece passagens até 30% mais baratas para quem optar por viajar sem despachar bagagens. Neste período, a grande maioria dos clientes – cerca de 65% – escolheu voar desta maneira.

“Buscamos novas fórmulas para que os clientes tenham mais opções e escolham a melhor forma e a mais econômica para realizar suas viagens”, explica Eduardo Bernardes, vice-presidente de vendas e marketing da empresa.

A empresa oferece quatro opções de tarifas:Light, Programada, Flexível e classe GOL Premium para viagens internacionais.

Mas foi preciso investir em processos, sistemas e treinamento para atender a nova demanda e garantir a implementação do modelo. Equipes de atendimento, tanto de SAC quanto nos aeroportos, receberam treinamento para esclarecer eventuais dúvidas dos passageiros.

Segundo a empresa, foi necessário o envolvimento de 20 departamentos da companhia neste processo, totalizando 120 colaboradores trabalhando diretamente nos processos e 470 multiplicadores de informações nas bases espalhadas pelo país, além de 21 fornecedores parceiros. Foram investidas 6860 horas no desenvolvimento de sistemas e 2460 testes realizados.

“Acreditamos que, ao diversificar as opções e serviços oferecidos aos clientes e estimulando a concorrência com a oferta de passagens até 30% mais baratas, estamos adotando a estratégia correta. Todos ganham”, finaliza Bernardes.

Para os consumidores, além da possibilidade de escolher franquias diferenciadas de bagagem, outras mudanças foram implantadas, como o direito de desistência da compra da passagem sem ônus em até 24h após a compra, redução do prazo de reembolso, aumento da franquia de bagagem de mão de 5kg (no máximo) para 10kg (no mínimo), correção gratuita do nome do passageiro no bilhete, garantia da passagem de volta no caso de cancelamento (no show) da ida, com aviso prévio para voos domésticos, simplificação do processo de devolução ou indenização por extravio de bagagem, atendimento aos usuários do transporte aéreo, dentre outras.

As demais tarifas praticadas pela companhia, Programada e Flexível, continuam a incluir, sem custo, uma bagagem de até 23kg; e a classe GOL Premium, disponível apenas nos voos internacionais, dois volumes do mesmo peso. Além disso, é possível viajar com uma mala de até 10Kg, a bordo, independente do bilhete adquirido.

Caso o cliente que adquiriu o bilhete da tarifa Light decida despachar bagagem após a compra, é possível adquirir o serviço à parte, a partir de R$ 30, para despachar uma mala de até 23 kg em voos nacionais.

Clientes fidelizados terão benefícios especiais e, conforme sua classificação, poderão levar uma, duas ou até três malas, sem custo adicional.

Com as novas regras, muda também o cálculo para o excesso de peso. O cliente pagará por cada quilo adicional que custará R$12 nos voos domésticos e o equivalente a US$4 nos internacionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui