Vendas para o Dia das Crianças podem crescer em até 5% 

0
526

Ticket médio de presentes dos consumidores do estado de SP deve ser entre R$50,00 e R$100,00

No próximo dia 12 de outubro é comemorado o Dia das Crianças, uma data considerada positiva para o crescimento do varejo paulista. Equiparado a 2016 ou até mesmo aos eventos comemorativos do primeiro semestre, o feriado deve proporcionar um crescimento nas vendas de 5%. Lojistas do estado de São Paulo já consideram esse período como um termômetro que vai indicar o caminho da economia brasileira no último trimestre do ano.

De acordo com a pesquisa de expectativa de vendas realizada pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de SP (FCDLESP) regiões como Capital, ABC e Litoral pretendem aumentar o volume de vendas no Dia das Crianças.

“Estamos entrando em um cenário econômico otimista se comparado ao início do ano. Sendo assim, as datas comemorativas do último trimestre têm grande potencial para alavancar o comércio”, afirma Maurício Stainoff, presidente da entidade, que lembra que o cenário de instabilidade política ainda paira pelo país.

Confira as expectativas de cada região do estado de São Paulo:

Capital: previsão de um leve aquecimento das vendas para a data. No Dia das Crianças em 2016, a capital teve um crescimento real no volume dos produtos de 3%, enquanto em 2017 esse número será 2% maior. O setor mais beneficiado será o de brinquedos infantis já que o ticket médio esperado para a data varia de R$60,00 a R$100,00.

ABC Paulista: varejistas locais estão otimistas para as vendas do dia 12 de outubro. Mesmo com uma pequena expectativa para aumento de volume, o ticket médio esperado é alto, indo de R$100,00 a R$150,00 voltado para roupas e brinquedos.

“A data deve proporcionar um aumento de receita substancial principalmente para os setores de entretenimento, vestuário, indústria de brinquedos e segmento de alimentação”, avalia Marcello Alexandre, presidente da CDL de São Bernardo do Campo.

Litoral: os consumidores devem gastar principalmente em lojas de brinquedos infantis, além de contarem com um ticket médio que varia entre R$100,00 e R$150,00.

Interior: conservadores, comerciantes do interior não apostam no Dia das Crianças como uma chance para alavancar a economia. Com um crescimento leve ou nulo, cidades como Cruzeiro, Botucatu, Barretos, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto pretendem aumentar o volume para vendas de 3% a 5%, apenas. O ticket médio para a região é bem menor se comparado a outras áreas do estado de São Paulo, entre R$ 20,00 e R$ 50,00, segundo estimativas da CDL de Cruzeiro. Já outras cidades como Botucatu, Barretos e Ribeirão Preto acreditam no gasto de R$40,00 a R$100,00.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui