Associação comercial estima que vendas da Black Friday devem crescer 15%

0
378

Há um mês da Black Friday, a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) estima que as  vendas na ocasião deverão crescer 15% neste ano.

A Black Friday é um evento do varejo marcado por descontos em diferentes lojas. O movimento começou nos Estados Unidos e foi copiado por comerciantes de diversos países, entre eles, o Brasil. Este ano acontece no dia 24 de novembro.

A estimativa da ACSP está em linha com os dados divulgados outubro pela Ebit, empresa de informações sobre o comércio eletrônico brasileiro. Se a alta de 15% se concretizar, os varejistas venderão R$ 2,19 bilhões na Black Friday apenas no e-commerce.

Para o presidente da ACSP, Alencar Burti, a Black Friday continuará a ser um evento puxado pelo comércio eletrônico. “O varejo como um todo não terá esse desempenho de 15%, porque a Black Friday ainda é muita restrita à internet e a alguns segmentos do mercado, como o de eletroeletrônicos”, afirmou.

Vendas do Natal

Burti disse que muitos consumidores devem aproveitar a Black Friday para antecipar compras de Natal.

Neste ano, algumas varejistas tentaram mudar a data da Black Friday para evitar que a promoção trabalhe as vendas de Natal. O Instituto para o Desenvolvimento do Varejo (IDV) não aceitou a proposta de mudar a data e disse que o consumidor já esperar as promoções durante a Black Friday.

Cabe a cada varejista decidir se vai ou não fazer as promoções. A Animale, por exemplo, antecipou a promoção e fez uma “Black October”. A intenção da empresa é preservar as vendas de Natal.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui