País cria 76,6 mil vagas com carteira em outubro, 7º mês de saldo positivo

0
224

O Brasil abriu 76.599 vagas com carteira assinada em outurbo deste ano, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta segunda-feira (20) pelo Ministério do Trabalho. Esse é o sétimo mês de resultado positivo. Em setembro, habiam sido criados 34 mil postos de trabalho.

É o melhor resultado para outubro desde 2013, quando foram criadas 94.893 vagas com carteira. Em outubro do ano passado, haviam sido fechadas 74.748 postos de trabalho.

De janeiro a outubro, foram abertos 302.189 postos com carteira assinada, o que sugere gradual recuperação da atrividade econômica após dois anos de recessão.

O número de empregos abertos é o saldo, ou seja, o total de contratações menos o de demissões no período.

Comércio e indústria puxam resultado

A abertura de vagas em outubro foi puxada pelo comércio e pela indústria. Dentro do comércio, destaque para as vendas no varejo (30.183 das 37.321 vagas). Dentro da indústria, o destaque foi para a fabricação de alimentos (20.565 das 33.200 vagas).

Veja o desempenho por setor da economia:

Comércio: +37.321
Indústria de transformação: +33.200
Serviços: +15.915
Adminstração pública: -261
Indústria extrativa mineral: -532
Serviço industrial de utilidade pública: -729
Agropecuária: -3.551
Construção Civil: -4.764

Destaque para o Nordeste

Dentre as regiões, foi o Nordeste que teve a maior alta percentual: 37.801 novas vagas, ou +0,6%. Veja o desempenho de cada região:

Nordeste: +37.801 vagas (+0,6%)
Sul: +21.444 vahas (+0,3%)
Norte: +4.210 vagas (+0,24%)
Sudeste: +13.552 vagas (+0,07%)
Centro-Oeste: -408 vagas (-0,01%)

IBGE faz pesquisa diferente

Os dados divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério do Trabalho consideram apenas os empregos com carteira assinada.

Existem outros números sobre desemprego apresentados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que são mais amplos, pois levam em conta todos os trabalhadores, com e sem carteira.

A última Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) registrou que o Brasil tinha 13 milhões de dempregados no trimestre de julho a setembro.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui