CNC afirma que confiança do comércio cresceu 10,2% em relação a 2016

0
998

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio cresceu 10,2% em 2017, quando comparado a 2016. O indicador é medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e fechou dezembro de 2017 em 109,2 pontos, em uma escala que vai de zero a 200 pontos.

Este aumento da confiança do empresário do comércio seria um reflexo da melhora gradativa do poder de compra das famílias, que resultou em mais vendas no final do ano passado, de acordo com a CNC.

O órgão estima que o volume de vendas natalinas tenha alcançado R$ 34,9 bilhões, um valor 5,2% acima do ano anterior.

A melhor percepção dos varejistas sobre a situação atual da economia (47,3%) resultou em um crescimento de 33,3% nas condições correntes para o comerciante, na comparação com dezembro de 2016.

No entanto, o Índice de Expectativas do Empresário do Comércio apresentou apenas um pequeno aumento de 1,8% em relação a dezembro de 2016.

83,2% dos entrevistados acreditam que a economia vai melhorar nos próximos seis meses, o que gerou uma alta da expectativa em relação ao desempenho do comércio de 2,2%.

As intenções de investimentos cresceram 8,6% em comparação a dezembro de 2016, com destaque para a intenção de investimentos dentro da própria empresa, que cresceu 17,5%.

*Com informações da Agência Brasil

*Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui