Amazon inaugura supermercado sem caixas registradoras

0
1895

A Amazon acaba de inaugurar em Seattle, nos Estados Unidos, o supermercado “Amazon Go”, que não tem caixas registradoras, nem filas. Para fazer as compras na loja, o cliente deve baixar o aplicativo Amazon Go, scanear um código e ativá-lo em um sensor de códigos de barra, em uma catraca fechada. O pagamento acontece por meio de cartão de crédito, logo após o consumidor sair da loja, como se tivesse feito uma compra online no site da rede. Mas a cobrança só acontece se o cliente de fato sair da loja com algum item. Se o produto é devolvido, ele é removido do carrinho virtual.

Esta inauguração acontece após um ano da abertura da loja para testes, em dezembro de 2016, quando funcionava apenas para funcionários da companhia. A unidade de 167 metros quadrados está localizada em um prédio de escritórios da Amazon. Por dentro, o local se parece com qualquer outro supermercado, com prateleiras recheadas de alimentos, mas o experimento pode significar uma enorme mudança para o varejo.

A fim de controlar o que os clientes retiram das prateleiras e o que registram, há um sistema de câmeras de segurança e sensores. O aplicativo armazena os dados em um “carrinho virtual” e o sistema consegue detectar, por exemplo, os produtos que os clientes mais compram e os salva como “favoritos”.

Houve um atraso na abertura da loja para o público. A previsão era que ela abrisse no início de 2017. Mas alguns problemas com a tecnologia impediram que isso acontecesse. Havia falhas na identificação correta de clientes com tipos físicos similares. Além disso, quando crianças iam à loja durante os testes, elas tiravam os itens e os colocavam em locais incorretos, atrapalhando o sistema.

De acordo com a empresa, o objetivo é fazer com que os consumidores evitem longas filas em caixas de supermercados, o que afasta clientes.

A Amazon adquiriu recentemente a rede de supermercados de alto padrão Whole Foods Market, por US$ 13,7 bilhões. A gigante afirma que não há planos para levar a tecnologia para as mais complexas lojas do Whole Foods e não confirma se novas unidades do Amazon Go serão abertas.

Informações retiradas da Reuters e Agência Italiana de Notícias

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui