Planejamento: o Calcanhar de Aquiles do Gerente de Loja

0
8256

Abre a loja, checa se tudo está em ordem, se todos os itens estão corretamente dispostos em seus devidos lugares, verifica se os vendedores estão uniformizados e dentro dos padrões exigidos pela empresa, checa os e-mails, vê a resposta do supervisor para aquele problema da semana passada, corre, faz um telefonema. Pronto, resolvido. Toma conhecimento da nova campanha, faz uma reunião rápida com os colaboradores, o caminhão com a mercadoria nova chegou, organiza a equipe para que tudo esteja rapidamente pronto. Arruma um espaço no estoque. Como conseguir mais espaço? Vê que tem um produto importante faltando. Corre, faz um novo pedido. E o dia mal começou. O que ainda mais vem pela frente? Não importa. Eu resolvo! Mas até quando?

Essa é só uma pequena amostra de como é o dia de um gerente de loja. Muitas decisões a serem tomadas, pontos a serem observados e uma equipe que demanda atenção o tempo todo. A verdade é uma só. O gerente aprende a se planejar ou ele será dominado pelo operacional da loja, deixando o mais importante em segundo plano: a gestão das vendas.

Para sair da automática “planejação” e aderir a um planejamento que funcione na velocidade do varejo, ele precisa seguir três princípios básicos:

  • Criar uma agenda

Gerencie melhor aquelas tarefas que precisam ser realizadas diariamente, semanalmente, quinzenalmente ou até mensalmente. Crie uma agenda registrando o dia em que ela deve ser realizada e até a hora. Procure reservar a maior parte do seu tempo para estar presente no salão de vendas, orientando a sua equipe para a melhoria da qualidade do atendimento. Esse é o primeiro passo para fazer a diferença nos seus resultados. Mantenha sua agenda atualizada e siga o planejamento que você mesmo determinou.

  • Priorizar

Surgiu um imprevisto? Gerencie o seu tempo e resolva a situação. Determine prioridades e lembre que você não está sozinho. Você possui uma equipe, pessoas para as quais pode delegar algumas tarefas, mesmo momentaneamente, para garantir que tudo seja realizado no prazo previsto. Delegar não é transferir suas responsabilidades, mas garantir que as coisas sejam feitas através de outras pessoas  por meio do seu gerenciamento.

  • Fazer um roteiro

Sua equipe só conquistará alguma independência, para realizar determinadas tarefas ou até mesmo tomar determinadas atitudes, se estiver devidamente treinada e preparada. Para isso, o gerente precisa garantir a qualidade de suas reuniões e treinamentos. Antes de realizar uma reunião, monte um roteiro com todos  os pontos que precisam ser abordados e pense como irá verificar o novo conhecimento ou informação transmitida. Atenha-se à sua programação. Caso surja um assunto novo, anote e planeje para um próximo momento. Reuniões muito longas tendem a se tornar improdutivas.

O seu sucesso como gerente está diretamente conectado a como você está se planejando e gerenciando o seu tempo. Preparado para esse desafio? Ponha esses três princípios em prática e volte aqui para nos contar como foi essa experiência.

*Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui