Grupo Habib’s e iFood oficializam união

0
4732

O Grupo Habib’s e a plataforma de pedidos de delivery online iFood fecharam uma união que trouxe resultados para as duas marcas. No período de dezembro e janeiro, foi computado um crescimento de 1350% no número de pedidos e o cadastro de aproximadamente 250 lojas.

A expectativa é que, com todos os restaurantes que possuem canal delivery em operação, os pedidos saltem de 250 mil (alcançados via canais próprios de Habib’s e Ragazzo) para 600 mil (considerando iFood e atendimento próprio) até o final do ano.

Juntas, as Redes Habib’s e Ragazzo devem atingir, com os pedidos realizados via iFood, Chat, telefone, aplicativo próprio e Facebook das Redes, a marca de 6,5 milhões de pedidos em 2018, 116% a mais que o ano passado, devendo chegar a 8 milhões até 2020.

O grupo estima que a participação do delivery na soma de faturamento dos restaurantes que utilizam o canal aumente dos atuais 10% para 21%. “O delivery passa a ter uma importância cada vez maior para a rede e para os mercados nas quais está inserida. Para se ter ideia, cerca de 70% dos pedidos, hoje, provêm do estado de São Paulo. A parceria com o iFood fará com que os pedidos da região aumentem, até o final do ano, de 2,2 milhões para 4,9 milhões”, afirma Lucas Mancini, Diretor de Delivery de Habib’s e Ragazzo.

Em 2017, em São Paulo, foram registradas 24.337 procuras pelos restaurantes do grupo. Além disso, nesta região, a ‘culinária árabe’ representa 7,7% dos pedidos e a italiana, 3,63%. Já as categorias ‘lanches’ e ‘pizzas’, correspondem, respectivamente, a 23,65% e a 21,76%.

A integração dos sistemas aconteceu em em 20 dias úteis. A movimentação trará diversas consequências. “Mais pedidos, mais produção nas indústrias (crescimento estimado de 10% a 15%), compra de mais insumos e embalagens (aumento de 50%), e, principalmente, geração de empregos diretos e indiretos. Estamos falando de, pelo menos, o dobro de motoboys prestadores de serviço, além de novos postos de trabalho dentro da Rede, principalmente em funções como supervisor de delivery”, afirma Mancini.

A parceria já estava no radar das empresas há alguns anos, porque havia procura pelos restaurantes da rede no aplicativo, que contabiliza, no Brasil, 6,2 milhões de pedidos mensais.

“Estamos muito satisfeitos com essa parceria e os resultados que alcançamos nos últimos dias – não são nem meses – já são expressivos. Em apenas um mês de operação, o Habib’s já é hoje a maior conta da empresa, além de representar 3% dos pedidos mensais do iFood”, conta Carlos Moyses, CEO do iFood.

O Brasil é, hoje, o quinto maior mercado de delivery do Mundo, equivalente a US$ 4,5 bilhões, atrás, apenas, de Estados Unidos (US$ 20,5 bilhões), China (US$ 11,8 bilhões), Alemanha (US$ 8 bilhões) e Reino Unido (U$ 6,3 bilhões). Somado aos demais países da América Latina chega à terceira colocação.

O delivery tem crescimento de quase 20% ao ano, são 51 milhões de consumidores brasileiros. Apesar dos números expressivos, apenas 30% dos restaurantes no País têm delivery.

*Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui