Walmart foca em serviços

0
2332

Três iniciativas simultâneas envolvendo a maior empresa de varejo do mundo confirmam que os serviços se tornaram mais do que uma oportunidade, mas uma necessidade no reposicionamemto estratégico do varejo global.

Nessas frentes, Walmart se rende ao fato de que é complexo e demorado o processo de desenvolver e incorporar serviços ao portfólio de negócios e atua para comprar, se associar e integrar operações existentes, aproveitando todo o conhecimento sobre hábitos, atitudes e demandas de seus consumidores.

Exatamente como concluiu estudo realizado pelo Grupo Ebeltoft, apresentado em janeiro durante a NRF Retail’s Big Show, em Nova Iorque (http://oferta.gsmdnrf.com.br/retail).

Na frente de maior impacto, o Walmart está em negociações para incorporar a seguradora Humana, empresa com valor de mercado estimado em US$ 37 bilhões. Este movimento está em linha com recentes processos de fusões e aquisições envolvendo a área de Saúde e Cuidados Pessoais nos EUA.

Como resultado desse movimento, as ações da Humana subiram mais de 10% na semana passada, logo após a divulgação dessa negociação.

A empresa se tornou uma das maiores operadoras de planos de saúde privados, atendendo cerca de oito milhões de pessoas em todo os Estados Unidos. Também atua para outros planos governamentais, em alguns estados norte-americanos, em diversas áreas médicas e odontológica, operando ainda uma rede de clínicas e fornecimento de medicamentos. Ao todo, a empresa atende mais de 21 milhões de pessoas no país.

Na mesma linha de avanço no segmento de serviços e em busca de equiparação com o que Amazon têm feito com sua divisão Amazon Home Services, desde meados de 2015, o Walmart está oferecendo o portfólio disponível no site e apps Handy, que inclui instalação de equipamentos eletrônicos, montagem de móveis e outros serviços domiciliares, inicialmente em 2000 de suas 5000 lojas nos Estados Unidos.

Importante lembrar que a Amazon inovou nesse setor quando lançou seu programa Home Services, incluindo serviços mecânicos, jardinagem, elétricos e eletrônicos, encanador e até professores particulares, numa espécie de Market Place para prestadores de serviços, em algumas regiões norte-americanas.

Todos esses prestadores de serviços são previamente analisados e homologados pela empresa e os serviços realizados contam com seguro e garantia. Esse inédito serviço foi um marco no movimento estratégico dos chamados “pure players” do varejo de migrar para a incorporação de serviços em sua oferta.

Em outra importante frente na estratégia de incorporar mais serviços, o Walmart anunciou, na semana passada, que irá abrir 250 CarSaver Shopping Centers em suas lojas.

O serviço também é uma espécie de Market Place envolvendo serviços convergentes em atividades de compra e venda de veículos e foi pilotado em 14 lojas da rede desde o começo do ano passado.

Para essa plataforma, o Walmart usa uma rede de revendedores de veículos, bancos, financeiras, prestadores de serviços e seguradoras, em apoio aos seus clientes que, adicionalmente e como diferencial em sua proposta, permite que os mesmos recebam uma garantia adicional permanente.

A operação CarSaver, agora oferecida de forma integrada nessas lojas, permite que seus clientes tenham benefícios e economias significativas em suas demandas de assistência e serviços e estará também sendo oferecida de forma diferenciada para os 1 500 000 funcionários da rede Walmart nos Estados Unidos.

Todos esses recentes movimentos sinalizam a disposição do Walmart em acelerar sua diversificação de formatos, bandeiras e canais, incorporando agora novos modelos de negócios e permitindo acelerar a oferta de serviços integrados com suas atividades atuais e acelerando seu processo de busca de diferenciais ante a ameaça representada pelo crescimento dos canais digitais e, em particular, pela Amazon, nos Estados Unidos.

Lembrando que o Walmart já opera toda uma linha de serviços financeiros no Canadá e nos Estados Unidos, que inclui cartões de crédito embandeirados e outras frentes.

Esses movimentos mais recentes são uma sinalização das mais importantes no que diz respeito à irreversível tendência de amplificação dos portfólios de produtos dos varejistas globais, agregando mais serviços e soluções em sua oferta.

*Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui