Embalagens retornáveis voltam às prateleiras

0
1267

Comum nos anos 1980, os produtos retornáveis estão de volta às prateleiras. Foi o que constatou uma pesquisa realizada pela fabricante americana de embalagens de vidro Owens Illinois (O-I) sobre O ciclo de vida de embalagens.

A tendência é positiva tanto para o bolso dos consumidores, quanto para o meio ambiente.

21% de todas as embalagens de vidro são reaproveitadas, revelou o estudo realizado por meio da NetQuest, com mais de 1.000 consumidores, provenientes das cinco regiões brasileiras, acima de 18 anos e pertencentes às classes A, B e C.

O estudo também mostrou que os populares copos de requeijão, atomatados, potes de geleia e vegetais em conserva são os mais reutilizados nas casas.

A reutilização é outro caminho para o aproveitamento das embalagens, além da reciclagem. A pesquisa mostrou que a cada 10 embalagens de vidro, quatro são recicladas, duas são reutilizadas pelos consumidores e quatro são retornáveis, sendo que estas podem equivaler a 30 embalagens descartáveis, pois são retornadas aos fabricantes após o consumo, envasadas e revendidas novamente por até 30 vezes.

“Esse movimento (de volta dos retornáveis) é positivo tanto para o empresário que vê na embalagem um investimento com retorno, quanto para o consumidor, que percebe a oportunidade de pagar mais barato pelo produto”, disse Rildo Lima, presidente da Owens Illinois no Brasil.

Para ampliar o volume de reciclagem de vidro, a empresa realiza algumas ações , como o Projeto Mangueira, que beneficia moradores do Complexo da Mangueira, no Rio de Janeiro (RJ), por meio da troca de vidros vazios por cestas básicas.

A fabricante de embalagens investiu em máquinas que recebem garrafas de vidro usadas e em troca dão descontos em contas de luz, passagens de ônibus ou livrarias, chamadas “Retorna Machines”. O equipamento, criado pela Triciclo, foi pensado em conjunto com a companhia e implantado, na fase piloto, em suas três fábricas e no escritório matriz. Ao todo, são quatro máquinas distribuídas em São Paulo (2), Rio de Janeiro (1) e Recife (1)

 

*Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui