Perspectivas para 2015: a recuperação da economia norte-americana e algumas incertezas no cenário econômico brasileiro

0
635

O NRF Retail´s Big Show é, sem dúvida, um excelente indicador do humor da economia e do mercado norte-americano, podemos sentir no tom das palestras, temas abordados, soluções mostradas e cases apresentado qual o foco das maiores empresas do mundo, bem como dos seus principais executivos.

O que pudemos observar em 2015 na imponente feira de exposições e no pavilhão de palestras foi um clima de maior otimismo, além de um maior desejo de “voltar a sonhar”, entretanto, era ainda evidente a dose relevante de realismo e pragmatismo, características essas bem marcadas nos últimos 2 ou 3 anos de NRF, em que o clima era de maior incerteza, resultados menos expressivos e onde a ordem do dia era o foco em produtividade e custos.

O clima de otimismo não é em vão. Entre as economias maduras, a norte americana é, sem dúvida, a economia que apresenta os melhores sinais de recuperação, influenciada positivamente principalmente pela retomada do crescimento da economia doméstica, resultado do plano de recuperação econômica do FED (banco central norte americano) que injetou trilhões de dólares na economia local.

O resultado foi o crescimento anualizado de 5% no 3º trimestre de 2014 , o crescimento mais forte desde 2003, assim, em termos absolutos, a economia americana cresceu mais do que a chinesa neste período.

O crescimento do PIB foi fortemente influenciado pelo consumo doméstico, assim, o varejo norte-americano continua sendo protagonista na maior economia do mundo e os dados recentes de crescimento mostram um vigor surpreendente.

E o Brasil?

Já no Brasil, a expectativa é que os principais fatores macroeconômicos que direcionam o consumo mantenham suas tendências atuais em 2015, sejam eles o emprego, a renda, o crédito e a confiança do consumidor.

Apesar do cenário desafiador, há boas expectativas para o varejo brasileiro em 2015, respaldado pela manutenção do emprego, crescimento da renda e com potencial melhoria da confiança do consumidor, assim, espera-se que o varejo continue crescendo acima do PIB em 2015 contribuindo positivamente para o crescimento desse indicador.

**Leia o artigo completo na proxima edição da Revista Mercado & Consumo.

Eduardo Yamashita (eduardo.yamashita@gsmd.com.br), diretor do Núcleo de Estudos e Projeções Econômicas da GS&MD – Gouvêa de Souza.

 

A GS&MD ainda realizará o Pós-NRF Big – evento que reune as principais tendências apresentadas durante o NRF Retail´s Big Show 2015, em três diferentes cidades. Confira abaixo as datas para cada um deles:

03 de fevereiro – Rio de Janeiro

05 de fevereiro – São Paulo

10 de fevereiro – Recife

Ingressos pelo Ingresso Rápido: http://goo.gl/lL0kIQ

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui