Novos perfis do consumidor e a necessidade de adaptação foram temas debatidos

299
[tempo para leitura: 2 minutos]

Na sequência de palestras do Retail Executive Summit, no NRF Retail’s Big Show, a Delegação GS&MD – Gouvêa de say
Souza conferiu a apresentação do sócio-diretor da agência WROI, Fábio Sayeg da diretora de projetos da GSE&COMM, Caroline Giordani. O tema de mais essa palestra também foi o novo perfil de consumidores e as dicas para essa adaptação. De acordo com a dupla, os millennials não desejam algo comum, mas sim viver uma experiência. Para os consultores, é fundamental participar deste momento do consumo, sem achismos e sim trabalhar com o que se tem – se tudo mudou, é preciso jogar o jogo. Fábio e Caroline defendem ainda que tudo é digital, uma vez que a tecnologia não muda a sociedade, mas sim é uma ferramenta que ela se utiliza para se transformar e se reinventar. Um pensamento necessário ao varejista de hoje, segundo a palestra é de que o futuro já chegou, ele só não foi distribuído.

O sócio-diretor da GS&BW, Luiz Alberto Marinho, palestrou também sobre os millennials. “A millenniunização do marvarejo” foi seu tema. Depois de trazer um perfil sobre quem é esse grupo, ele apresentou dados mundiais do nicho, que na Europa, por exemplo representa pouco mais de 20% da população, enquanto que na Índia e Brasil chegam a 30%. Para ele, o consumidor millennial é um comprador viciado em distração, pois costuma estar logado em todos os canais quase que ao mesmo tempo e precisam de um diferencial, de algo personalizado e customizado, exclusivo e que ofereça experiência. Marinho trouxe dados como renda, tempo médio de permanência no emprego e sobretudo ressaltou a característica predominante: o público do “why”, que questiona a todo o momento e para o varejista, saber quem são e o que querem é um dos segredos com o público.

Já o diretor-geral da FAL – Design Estratégico, Manoel Alves Lima, trouxe o tema “Inovação no Ponto de Venda”. Ele abriu sua palestra com uma citação do ex-prefeito de Nova Iorque, Rudolph Giuliani: “Quando a velocidade das mudanças lá fora for maior do que aqui dentro, estaremos riscados do mercado”. Ele falou ainda da necessidade de triar do papel o projeto de ser inovador, pois não bastam apenas melhorias incrementais que não fazem a diferença. Ao longo da apresentação, ele citou cases que trabalham constantemente nessa tecla (da inovação), falou também de inspirações para que isso seja possível, além de resultados que esses investimentos geraram com clientes.

Os materiais completos das palestras do Retail Executive Summit estão disponíveis no aplicativo oficial da Delegação GS&MD – Gouvêa de Souza e também disponíveis para download CLICANDO AQUI.

Por Eli Carlos Vieira (publicacoes@gsmd.com.br)

Fotos: Evelyn Rodrigues

Deixe uma resposta