A revolução dos Labs!

266
[tempo para leitura: 2 minutos]

Por Ana Paula Tozzi*

No dia 2 de julho iniciou-se em Paris (França) o “Viva Technology Innovation Conference”. Por três dias foram vistas tecnologias digitais inovadoras desenvolvidas por startups e apresentadas por meio de “pitches”(apresentações de dez minutos com uma objetividade impressionante) e de demonstrações. Nessa conferência a LVMH (dona das marcas Louis Vuitton, Fendi, Bulgari entre outras) montou o primeiro Laboratório de Luxo, com o foco na personalização para consumidores e com a participação de 50 startups internacionais.

O processo de construção de um laboratório de inovação (Lab) tem sido percebido pelas empresas como um dos melhores formatos para se criar novos serviços e produtos, alinhados com as novas demandas do consumidor ou até mesmo antevendo tendências. Junto ao Lab, faz-se necessária a adoção de metodologia adequada para que exista uma objetividade na seleção dos projetos e consequente investimentos nas novas ideias.  Na nossa consultoria adotamos metodologia proprietária chamada “funil de inovação”.

Para selecionar as startups, as quais a LVMH investiria, a empresa colocou a seguinte questão para as 50 empresas: “Como vocês estão endereçando as questões de proximidade e personalização por meio do conhecimento profundo do comportamento do consumidor?”. Ou seja, o desafio é o de qualquer varejista: como utilizar as informações disponíveis de cada consumidor, de forma a oferecer experiências exclusivas e que o faça ser fiel a sua marca? A rede colocou o desafio tanto para empresas de e-commerce quanto de tecnologia.

Na nossa empresa temos tido bastante demanda na construção de Labs de inovação, nos mais diversos setores da economia. Um sinal certamente positivo. A verdade é que temos percebido que as empresas que conseguem colocar um foco na inovação, entendendo que esse processo não é necessariamente caro, mas, de fato, um diferencial competitivo, são empresas preocupadas com o longo prazo e que estarão mais preparadas para o futuro.

Você já pensou em ter um LAB para chamar de seu?

*Ana Paula Tozzi (ana.tozzi@gsagr.com.br) é CEO da GS&AGR Consultores

Deixe uma resposta