3 dicas para empreendedores se destacarem nas redes sociais em 2017

244

Com o fim do ano se aproximando, muitas empresas começam a analisar tudo o que passou para avaliar resultados e conquistar aprendizados: a melhor hora de criar o plano de marketing para o próximo ano.

Ao planejar as suas estratégias, você consegue evitar erros ou mapear futuros riscos, saber quais são as metas e objetivos do seu negócio, entender quais são os recursos ou materiais necessários para atingi-los, entre outros. Para ajudar empreendedores a traçar o rumo do próximo ano, enumero três dicas para colocar em prática desde já.

1. Avalie o que funcionou e não funcionou em 2016

Muitas pessoas não têm o hábito de avaliar seus erros e seus acertos. Porém, essa prática é bastante importante para quem quer melhorar os resultados. O que acontece nas redes sociais é que, muitas vezes, publicamos o que julgamos interessante, mas muitas vezes, para as pessoas, não é.

Sinal disso é elas não curtirem, não comentarem e não compartilharem a publicação. É necessário avaliar quais foram as publicações que funcionaram e que trouxeram números positivos, para assim entender o que as pessoas gostam de receber de informação da marca. Ao avaliar o que não funcionou, você elimina publicações com pouco apelo entre o público.

2. Crie um cronograma para as ações

Um cronograma é fundamental para a criação, a publicação e a mensuração dos resultados serem implementadas no tempo certo. Para que o seu plano de marketing traga os resultados que você espera nas redes sociais, é essencial não perder o timing das ações. Minha dica: separe no plano de marketing todas as datas importantes para o seu negócio e crie uma planilha com as datas das ações, pontuando o que fazer para cada uma delas.

3. Saiba como agir com clientes insatisfeitos nas redes sociais

No plano de marketing, o empreendedor pode incluir ações para saber como agir com clientes insatisfeitos. Com as experiências já conquistadas por você em 2016 ou em anos anteriores, é possível prever as reclamações mais comuns e agir para melhorar esse ponto negativo do seu negócio, além de se preparar para futuras reclamações sobre o mesmo assunto.

 

Fonte: ecommercebrasil

Deixe uma resposta