Coop investe no supermercado on-line

758
[tempo para leitura: 2 minutos]

Mais comodidade para o cliente. É com este objetivo que a Coop – Cooperativa de Consumo criou o Coop Retira, serviço em que o cliente, associado ou não, faz toda a compra pelo site da rede (www.portalcoop.com.br), paga e depois de três horas pode buscar o pedido no supermercado em até 15 dias. Novidade no segmento na região – em São Paulo marcas como Extra e Pão de Açúcar já oferecem o serviço -, o investimento da Coop é para quem precisa de praticidade quando o assunto é ir ao supermercado. O projeto, lançado em dezembro, já atendeu mais de 100 consumidores.

Por enquanto, o serviço, que é gratuito, está restrito apenas à unidade da avenida Industrial, em Santo André, que recebeu ampliação e espaço exclusivo, com área de separação, equipamentos de refrigeração e estacionamento, para atender clientes que compraram pela internet, via computador ou dispositivo móvel. “Estamos observando a aderência dos clientes para mensurarmos se vamos ou não ampliar o Coop Retira para outras lojas”, avisa Robson Kaio Meirelles Sesmilo, analista de sistemas.

Transporte delicado
A rede não cogita a entrega do produto na casa do cliente, pelo menos por enquanto. Isso porque o e-Ecommerce do gênero de mercadoria exige atenção máxima. O transporte tem de garantir as boas condições do produto para o consumo, o chocolate não pode chegar derretido, assim como a alface que não chegar murcha e assim por diante. “Quando o consumidor escolhe o produto na loja física ele quer qualidade, quando ele pede pela internet ele quer ser surpreendido”, comenta Sesmilo.

O novo canal de vendas possui cerca de 5 mil itens, entre gêneros alimentícios (incluem itens do açougue e hortifrútis), bebidas, perfumaria, produtos limpeza e de pet shop. São os principais itens da cesta de compra de cada uma das categorias.

Tendência
A iniciativa da Coop é apoiada em estudos de mercado. Um deles aponta que quadriplicou, entre 2013 e 2014, o percentual de brasileiros que retiram nas lojas ou em drive thru compras feitas pela Internet.

Pesquisa da APAS (Associação Paulista de Supermercfados), feita pelas empresas Nielsen e Kantar Worldpanel, em 2016, apontou que as vendas do varejo pelo canal e-Commerce devem expandir 43% em quatro anos, um salto de R$ 41,3 bilhões em 2015 para R$ 59, 8 bilhões em 2019, atingindo assim o tamanho do canal tradicional hoje. Os millenials ou geração Y – aqueles com idade entre 26 e 30 anos – terão grande participação neste crescimento.

O Extra e o Pão de Açúcar e o Extra já atuam no on-line. No primeiro, a entrega delivery de alimentos, bebidas, produtos de limpeza, perfumaria e eletrodomésticos é feita com taxa a partir de R$ 19,90, em toda a Grande São Paulo, Litoral paulista, Interior, Rio de Janeiro e Brasília. A rede Pão de Açúcar oferece o mesmo serviço, com entrega tradicional, express e retirada no próprio estabelecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui