Mcdonalds planeja abrir 900 restaurantes em 2017 e recuperar clientes

681
[tempo para leitura: < 1 minuto]

A rede de lanchonetes americana McDonald’s planeja abrir 900 restaurantes em 2017, com um investimento de US$ 1,7 bilhão no ano. A companhia espera ainda lançar um sistema de pedidos e pagamentos via aplicativos móveis em 20 mil restaurantes em seus maiores mercados até o fim deste calendário e reforçar seu serviço de entrega.

A empresa divulgou seus planos no dia dos investidores, realizado em Chicago, nos Estados Unidos. A rede de fast food visa recuperar clientes que perdeu para concorrentes em anos recentes e mira um crescimento global de vendas entre 3% a 5% a partir de 2019.

O McDonald’s pretende completar ainda em 2017 seu projeto de refranquear 4 mil restaurantes, um ano antes do prazo, apresentado em novembro de 2015. Com a conclusão desse processo, as franquias representarão 93% do negócio da empresa.

A companhia diz ainda que atingiu mais de US$ 200 milhões em economias até o fim de 2016, ante uma meta de reduzir suas despesas gerais e administrativas em US$ 500 milhões até o encerramento de 2018, esperando cortar mais 5% a 10% da sua base de custos remanescentes até 2019.

A companhia também anunciou um plano de retorno de US$ 22 bilhões a US$ 24 bilhões aos seus acionistas até 2019, ante meta anterior de US$ 30 bilhões, em três anos findos em 2016.

Com plano de elevar receitas e presença de clientes nas lojas nos próximos anos, a empresa atualizou suas metas de longo prazo, a partir de 2019, prevendo, além do crescimento global das vendas, um crescimento de margem operacional da faixa de 20% para a faixa de 40%.

A rede de lanchonetes também estima crescimento de lucro por ação de um dígito elevado no longo prazo e aumento do retorno sobre o capital investido.

Fonte:  Valor Econômico

Deixe uma resposta