7 AÇÕES PARA ECONOMIZAR NAS COMPRAS

445
[tempo para leitura: 1 minuto]

Pesquisa realizada pela PwC mostra que os brasileiros adquiriram novos hábitos de consumo em decorrência da instabilidade econômica. Veja quais

Em 2016, a economia não ajudou os brasileiros. Como comprovam os dados do Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística, o ano comprovou uma das piores recessões da história – e isso influenciou diretamente o comportamento de consumo do público. A pesquisa Total Retail, realizada anualmente pela PwC, confirma esse movimento e aponta as principais ações adotadas pelos clientes.

A procura de oportunidades a fim de reduzir gastos é um ponto principal. E é importante que as empresas saibam disso. Quando questionados sobre uma possível retomada da economia, 41% dos brasileiros afirma que vai manter os comportamentos atuais de consumo e poupar dinheiro. “A chamada competição pós-retomada da economia vai continuar alta. Como o consumidor se acostumou a procurar as melhores ofertas e buscar os preços menores, esse hábito foi adaptado a sua realidade”, lembra Ricardo Neves, sócio da consultoria.

Confira as atitudes apontadas pelos consumidores:

• 63% dos respondentes passaram a fazer mais pesquisas entre diferentes varejistas para encontrar melhores ofertas;
• 49% reduziram a visita a restaurantes, bares e outras formas de entretenimento;
• 46% visitaram mais frequentemente as lojas em busca de melhores preços;
• 43% passaram a restringir as compras apenas a produtos de primeira necessidade (comida, bebida, saúde, etc);
• 36% passaram a procurar varejistas que ofereçam descontos nas compras por pacotes;
• 35% reduziram os valores/tipos de planos de assinatura (como internet, TV, revista, telefone);
• 27% mudaram os planos de férias e viagens para destinos mais baratos.

 

Deixe uma resposta