INVESTIR EM FRANQUIAS QUE ESTÃO NO COMEÇO PODE SER MAIS VANTAJOSO

619
[tempo para leitura: 2 minutos]

Investir em franquias que estão no começo pode ser mais vantajoso: Franqueadores podem dar mais atenção aos empreendedores no inicio da expansão, ajudando a alavancar o negócio

Quando o objetivo é aplicar dinheiro numa rede de franquias, quais aspectos o possível franqueado deve analisar? Ao se tratar de investir capital em um novo negócio, é normal que o novo empreendedor almeje entrar em uma grande rede que já tenha um nome reconhecido no mercado, mas vale o questionamento de quanto isso pode ser vantajoso ou não para ele, uma vez que, ter o contato e o apoio dos franqueadores é muito importante para evitar erros.

É comum que no começo dos negócios o empreendedor fique perdido sem saber o que e como fazer, e ter o auxilio de alguém experiente com total domínio do mercado que está sendo trabalhado, faz todo o sentindo para o novo empresário.

Paula Aggio, sócia da rede Ótica Santo Grau, explica que no caso de franquias que estão em processo de expansão, a preocupação com os novos parceiros é fundamental, pois são eles que estão começando a abrir caminhos para a empresa.

“É muito importante que o franqueado tenha dedicação para levar o negócio adiante, o inicio de franquias é sempre um momento delicado, pois é quando estamos dando os primeiros passos para expandir a marca, por isso é essencial que o franqueador dê total apoio para que o crescimento da empresa aconteça, essa preocupação não é tão evidente em grandes franquias, porque elas já estão consolidadas no mercado há um certo tempo”,  avalia Paula.

O franqueado precisa ter em mente que ao investir numa rede de franquias, tudo é muito novo para ele, pois o negócio já existia antes de ele começar a cogitar possibilidades de investimento. Então, ele precisará aprender todo o modus operandi da empresa, e ninguém melhor que os próprios donos da empresa para ensinar isso.

A Ótica Santo Grau iniciou com os trabalhos para expandir a marca em 2016, o objetivo dos sócios Paula e Ricardo Aggio é abrir pelo menos cinco lojas franqueadas em 2017, e nos próximos cinco anos, 50 franquias.  O foco dos empresários é a região sudeste do país, para que eles possam se dedicar junto com os franqueados e alavancar o negócio.

“Sabemos o que difere uma grande empresa de uma pequena empresa, a Ótica Santo Grau, por exemplo, está no mercado há 20 anos, mas entendemos que ao iniciar o processo de expansão é necessário paciência e muita cautela, porque existe um planejamento em jogo, por isso entendemos que auxiliar o franqueado no que for preciso é importante para que ambas as partes sejam recompensadas futuramente”, comenta Ricardo Aggio, também sócio da Ótica Santo Grau.

 

Deixe uma resposta