Marca de sapatos de luxo Jimmy Choo anuncia venda da companhia

426
[tempo para leitura: 2 minutos]

Apesar de ter registrado resultados recordes em 2016, marca afirma que está revendo processos e coloca a empresa à venda. Entenda os motivos

A marca de sapatos de luxo queridinha de famosos, a Jimmy Choo, anunciou hoje (24) que está revendo algumas estratégias. E isso inclui a possibilidade de venda da empresa.

“A companhia anuncia que decidiu conduzir uma revisão em várias estratégias para maximizar os lucros dos acionistas e que está procurando ofertas”, disse a empresa em comunicado.

Segundo a Jimmy Choo, até  o momento do comunicado de venda a marca não havia recebido qualquer oferta.

A marca debateu essa estratégia com o acionista controlador, a JAB Luxury. A empresa afirmou em comunicado que apoia a decisão da Jimmy Choo.

Apesar disso, o controlador afirmou que não se pode ter certeza de que “haverá a venda de toda ou parte da participação da JAB Luxury na Jimmy Choo”. O principal acionista da marca tem 67,66% do capital da empresa.

De acordo com a companhia, “qualquer discussão com uma terceira parte interessada será conduzida dentro de uma estratégia formal de venda”. O Bank Of America Merrill Lynch e o Citi estão conduzindo o processo.

Crescimento recorde

A Jimmy Choo tem mais de vinte anos de mercado e está nos pés de famosos como Michelle Obama. A marca abriu capital há dois anos na bolsa de Londres.

No ano passado, a marca apresentou crescimento de 14,5% na receita. Somente o varejo da marca aumentou 17,4%. Os números, segundo a empresa, são recordes.

“2016 foi um marco para a Jimmy Choo. Não somente porque celebramos 20 anos, mas pela receita recorde e pela rentabilidade indicar o crescimento e a força da nossa marca”, disse Pierre Denis, CEO da marca.

“Nós continuaremos a entregar resultados dentro da nossa estratégia de longo prazo de crescimento através da criatividade e inovação das nossas coleções e da expansão sustentável, particularmente em áreas como a Ásia, onde temos pouca penetração”, disse em relatório de resultados.

 

Deixe uma resposta