Bandeira da Via Varejo, Barateiro inicia operação de venda de produtos usados de terceiros em site

2626
[tempo para leitura: 2 minutos]

O Barateiro, bandeira da rede de móveis e eletroeletrônicos Via Varejo, iniciou uma operação de venda de produtos usados e de reembalados comercializados por terceiros em seu site, em uma estratégia de diversificação de receitas e que aproveita o projeto de integração dos centros de distribuição do grupo implementado no ano passado.

Até agora, o site do Barateiro, lançado em 2012, oferecia em sua maioria produtos próprios reembalados, quando a embalagem original foi danificada ou o produto apresenta pequenas avarias. Com a oferta do chamado marketplace, a empresa ofertará em suas páginas produtos vendidos por outras empresas, cobrando uma comissão pelas vendas.

“Hoje, a demanda por esse mercado é maior do que a oferta, principalmente a de marcas relevantes como a nossa”, disse o diretor de marketplace, soluções e serviços da Via Varejo, Paulo Madureira, à Reuters. “É uma grande aposta nossa, temos um caminhão de oportunidades com isso”, acrescentou o executivo, citando também venda de garantia estendida.

Como parte da estratégia, o Barateiro pretende elevar até o final do ano de 2 para 25 o número de parceiros escolhidos para oferta de produtos no marketplace da empresa. Os dois primeiros são a Mais Barato Store e a Webfones, especializadas em telefonia. Madureira afirmou que equipes da Via Varejo visitaram os parceiros para ter certeza sobre o processo de verificação de qualidade dos produtos colocados à venda no marketplace do Barateiro.

“Pretendemos aumentar as categorias do marketplace para outras como tablets e notebooks”, disse o executivo. “O mercado de produtos usados ganhou muita força com a crise e ainda pretendemos surfar esta onda”, afirmou, acrescentando que o investimento no projeto do marketplace do Barateiro “não foi relevante”.

Segundo Madureira, além do projeto do marketplace, o Barateiro está ampliando a oferta de produtos próprios por meio da integração com os centros de distribuição da Via Varejo. O plano da companhia é elevar de dois para dez o número de centros de distribuição integrados ao Barateiro até o final deste ano. A Via Varejo tem mais de 20 centros no país. O mais recente a ser integrado foi o do Rio de Janeiro.

 

No primeiro trimestre, o Barateiro teve alta de 20 por cento no sortimento de ofertas únicas no site, com a entrada de 20 mil novos produtos, e crescimento de vendas de 21 por cento sobre o mesmo período do ano passado.

A bandeira conta atualmente com 90 mil itens em estoque e os departamentos mais comercializados do site nos três últimos meses foram Telefones & Celulares, Eletrodomésticos, Eletroeletrônicos (televisores) e Eletroportáteis.

A Via Varejo divulga seus resultados de primeiro trimestre na próxima quarta-feira. No quarto trimestre do ano passado, a empresa teve lucro líquido ajustado de 13 milhões de reais, após prejuízo de 474 milhões de reais um ano antes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui