Janeiro bate recorde de nascimentos de empresas

460
Portrait of smiling waitress showing slate with open sign in café
[tempo para leitura: < 1 minuto]

Foram abertos 194.199 empreendimentos no mês, maior número desde 2010. Número representa crescimento de 16,6% em relação a janeiro de 2016. Em relação a dezembro de 2016, quando registrou-se 120.633 nascimentos, o aumento foi de 61,0%.

Empreendedorismo de necessidade

Especialistas apontam que a conjuntura econômica e os elevados índices de desempregos são alguns dos motivos que levam pessoas que perderam suas vagas no mercado de trabalho buscarem novas fontes de renda através da abertura de novos negócios. 

Formalização dos negócios

O número de novos Microempreendedores Individuais (MEIs) nascidos no período cresceu 16,2% em comparação a janeiro/16. Foram 159.522. 

Já as Sociedades Limitadas cresceram 8,6% em relação ao mês correspondente do ano anterior, registrando a criação de criação de 12.760 unidades.

21,7% foi o crescimento das Empresas Individuais em comparação ao primeiro mês de 2016, totalizando 12.916 novos negócios.

O nascimento de novas empresas de outras naturezas teve alta de 29,5%, com 9.001 nascimentos em janeiro de 2017.

A crescente formalização dos negócios no Brasil é responsável pelo aumento constante das MEIs, registrado desde o início da série histórica do indicador. Em sete anos, passaram de menos da metade dos novos empreendimentos (25,5%, em janeiro de 2010) para 82,1% no último levantamento.

Serviços e Comércio

Entre estas novas empresas, 64% são do segmento de serviços. O setor de comércio representa 27,6% do total e o setor industrial 8,2%. 

Por região

  • 50,9% Sudeste
  • 18,3% Nordeste
  • 16,4% Sul
  • 9,3% Centro-Oeste
  • 5,2% Norte

Fonte:  Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresa/Serasa Experian

Deixe uma resposta