Petit gateau brasileiro planeja conquistar os Emirados Árabes

1472
[tempo para leitura: 2 minutos]

Com receitas caseiras criadas pela própria fundadora, a Le Petit Sobremesas, que produz mais de 10 mil petit gateau por dia, inicia plano de exportação 

A marca, com 13 anos de mercado e produção praticamente artesanal, anunciou expansão internacional. O primeiro destino dos bolinhos são os Emirados Árabes Unidos, que receberão 6 mil unidades enviadas a um único cliente em Dubai, inicialmente nos sabores de chocolate, goiaba e doce de leite. O próximo destino será o Japão. 

Tendência global

Para entrar nesse mercado, a empresa precisou investir na sua operação para atender as diversas exigências do mercado internacional, especialmente no que diz respeito a produtos sem glúten e sem conservantes, tendência global.

Hobby que virou negócio

A empresa foi fundada em 2001, a partir de um hobby que Luciana Reis tinha: oferecer petit gateau aos amigos. O cheirinho do bolinho saindo do forno começou a se espalhar pela vizinhança. Hoje, a linha de petit gateau conta com mais de 10 sabores e a empresa também oferece as linhas de brownies e tortas. Os produtos estão disponíveis no varejo e também por meio da franquia de quiosques Le Petit Express – quiosque onde se é possível consumir a combinação do irresistível petit gateau generosamente recheado, acompanhado de sorvete artesanal, em nove opções de sabor.

Planos de Expansão

Já são oito as franquias: em São Paulo (nos shoppings Pátio Paulista, Bourbon, Shopping Taboão da Serra e no Eldorado), além do Rio de Janeiro, Amazonas e Belo Horizonte. 

Em 2016, o grupo de investimentos ANT Privaty Equity se interessou pelo negócio e fez uma aquisição de participação societária através de investimento direto na empresa, colocando muitas metas e desafios. A marca passou a ocupar uma fábrica de 1.000 metros quadros e, além da expansão da rede, haverá também expansão do cardápio de produtos e área de atuação.

A empresa também mira a participação em eventos internacionais, como a feira de alimentos Gulfood, a maior do setor no Oriente Médio, e o NRA Show, em Chicago (EUA), considerada a maior feira do mundo para setores de bares e restaurantes. 

Deixe uma resposta