Café Santa Monica lança Drip Coffee, o café de bolso

1477
[tempo para leitura: 1 minuto]

Embalado individualmente, o consumidor pode levar sua dose de café para onde quiser.

O kit é composto por um sachê de café em pó com hastes flexíveis que se encaixam nas bordas de copos ou xícaras para permitir que a pessoa prepare um café coado na hora.

“O setor foodservice cresce a cada ano, apesar da crise. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Foodservice Brasil – IFB, apontou que o segmento teve incremento de 3% em 2016 e faturou R$ 184 bilhões, ou seja, é um cenário promissor”, diz Marcelo Moscofian, diretor do Café Santa Monica, que planeja expansão do negócio para todas as regiões brasileiras.

Fundado em 1985, o Café Santa Monica é pioneiro na cultura do café gourmet no Brasil. A empresa cuida de todo o processo de produção do grão, desde o plantio — realizado em suas cinco fazendas, na região de Machado, no sul de Minas Gerais — até o envasamento, feito com embalagens especiais capazes de preservar o café por mais tempo, passando pela rigorosa seleção e pela torrefação.

Com atuação nos segmentos de foodservice e varejo, a empresa estima aumentar a representatividade do último de 10% (em 2016) para 30% do total do seu faturamento em 2017. Em 2016, o crescimento foi de 38%.

Para isso, a empresa também investiu R$ 1,2 milhão em equipamentos a laser para a separação dos grãos, a fim de ampliar o percentual de cafés especiais produzidos nas fazendas de 60% para 90% ainda este ano.

Deixe uma resposta