Halipar anuncia aquisição da rede Croasonho

629
[tempo para leitura: 2 minutos]

Holding passa a administrar mais de 400 lojas em 24 estados e um faturamento de R$ 700 milhões previsto para 2017

A Halipar (Holding de Alimentação e Participações) anunciou a aquisição parcial da Croasonho, única rede de franquias de croissants recheados do país, e tornou-se a maior acionista da marca.

O negócio faz da holding o terceiro maior grupo do mercado nacional de franchising no ramo de alimentação em número de unidades.

Com a aquisição, a Halipar passa a administrar mais de 400 lojas em 24 estados e um faturamento previsto de R$ 700 milhões em 2017.

O negócio também marca a entrada da holding no Rio Grande do Sul e reforça a estratégia de expansão a partir de franqueados multimarcas. Até 2020, a holding prevê chegar a mil unidades e a um faturamento de R$ 1,3 bilhão.

A Croasonho passa a integrar a Halipar ao lado das marcas Griletto, Montana Grill, que completa 20 anos de operação, Jin Jin Wok e Jin Jin Sushi.

A nova rede traz para a holding 72 unidades em 17 estados e R$ 110 milhões de faturamento.

“Desde a criação da Halipar, trabalhamos com os olhos atentos ao mercado à procura de marcas consolidadas no segmento de alimentação e que sejam complementares às operações que já temos. A Croasonho atendia a esses requisitos, tanto em produto quanto em atuação geográfica, e houve o interesse de ambas as partes em unir forças”, disse Ricardo José Alves, CEO da Halipar.

A Croasonho passa a ser o braço da Halipar na região Sul, onde estão 60% das unidades da rede. A administração da marca permanece em Caxias do Sul, a cargo dos atuais gestores. No entanto, será criado um comitê de integração para que as sinergias e experiências possam ser aplicadas para todas as marcas da holding.

A Halipar foi criada em novembro de 2015, a partir da fusão dos grupos J. Alves e Ornatus Alimentação.

“A busca contínua de maior eficiência operacional e aquisições bem escolhidas têm permitido maior diversificação das receitas e forte incremento da geração de caixa, protegendo a Halipar das turbulências econômicas”, explicou Marcelo Serfaty, diretor da G5 Evercore Private Equity, sócia da Halipar.

Cenário

De acordo com pesquisa do Instituto Foodservice Brasil (IFB), por meio de dados da Consumer Reports on Eating Share Trends (CREST), o faturamento do setor de foodservice, ou alimentação fora do lar, cresceu 5,2% em 2016.

Para 2017, o setor espera crescer 10,9%. A falta de tempo e a vida moderna fazem com que 34% do que os brasileiros gastam com alimentação seja com o foodservice, em padarias, lanchonetes ou mesmo com vendedores ambulantes.

Segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising), em 2016 o setor faturou R$ 151,2 bilhões, dos quais o segmento de Alimentação foi responsável pelo maior montante (26,7%). Ainda de acordo com a ABF, o segmento de Alimentação cresceu 6% no primeiro trimestre de 2017.

Deixe uma resposta