Veja 5 passos para aproveitar a Black Friday

1375
[tempo para leitura: 3 minutos]

Sim, ainda temos o Dia das Crianças até lá. Porém, no ano passado, o fim de semana da Black Friday mais a Cyber Monday superaram em quase 1 bilhão de reais o período de 15 dias prévios ao Dia das Crianças. Além disso, essa última é a data que mais concentra em uma categoria de vendas os resultados do período.

Com a aproximação da data mais importante do ano para o varejo digital, vou passar por 5 pontos vitais para que seu e-commerce aproveite o calendário!

Inclua os custos de frete em sua margem e prepare-se  para frete grátis

De acordo com o IDV (Instituto de Desenvolvimento do Varejo), o subsídio de frete costuma aumentar muito em novembro, voltando à normalidade nos meses subsequentes. Especialmente durante esse ano que, puxado pelo Mercado Livre, o frete grátis voltou com força total como arma de atração de vendas.

Assim, nesse período, não tente remar contra a maré. Faça seu planejamento de vendas considerando que terá esse custo de venda. Em contrapartida, nessa época, todos estão em busca de oportunidade promocional, portanto, não é de vital importância que se tenha um frete muito rápido.

Dilua seus custos com prazo entrega mais alongado, negocie com seu operador redução de preço diante desse cenário.

Concentre suas promoções em produtos específicos e negocie

O histórico da Black Friday é de superpromoções para produtos que estão saindo de linha, mostruários e alguns outros para atrair clientes.

Então, desde já, abandone a ideia de colocar sua loja inteira em promoção. Isso deixará suas margens muito apertadas e, provavelmente, você não conseguirá ser competitivo.

O maior desafio é trazer o cliente para seu site. Como ele estará navegando em seus produtos, terá de ter bem elaboradas campanhas de cross-selling e up-selling.

Garantindo, assim, suas margens. Não se pode pensar apenas em vender muito, deve-se vender para gerar mais dinheiro no final do que uma campanha normal.

Não queime a reputação de seus e-mails

Deveria fazer isso desde sempre, mas antes tarde do que nunca. O e-mail marketing é a mídia mais barata e com um dos maiores ROIs.

Por isso, manter sua reputação em alta é muito importante, isso aumenta as chances de suas campanhas chegarem aos destinatários na caixa de entrada.

Assim, desde já, comece a trabalhar apenas com os ativos de curto prazo. Isso fará com que suas taxas de aberturas e clicks aumentem até a Black Friday e possibilitará que você crie uma estratégia para inativos mais eficiente no período exatamente prévio ao das promoções.

Se já está pensando em fazer campanhas através de parceiros ou terceiros? Lembre-se que os provedores de e-mail estão cada dia mais atentos não só ao IP de disparo, como ao domínio do e-commerce.

Não recomendo, mas se for adotar isso, use uma página de redirecionamento para que seu domínio não seja tão afetado.

Reforce sua infraestrutura de TI

Já vimos, e não foi só uma vez, sites que saíram do ar ou apresentaram problemas de funcionamento devido a um tráfego que não estavam preparados.

Assim, esses e-commerces perderam horas muito valiosas de venda, pois, não preparam sua estrutura para receber um pico de visitas.

Seguindo essa linha, confirme qual a capacidade do seu e-commerce. Estime quantos acessos terá, baseando-se nos investimentos de marketing e mídia que pretende fazer.

Caso constate que não conseguirá receber todos esses acessos de uma vez só, planeje suas ações com mais cautela, as quais atinjam seus targets em horários diferentes.

Um exemplo de como fazer isso, é diluir suas campanhas de e-mails durante 3 ou 4 horas. Assim, os acessos acontecerão mais lentamente e não sobrecarregarão seus servidores.

Estoque-se!

Essa chance de venda você não pode perder por causa de estoques. Não tenha medo de ser otimista! Falo isso porque essa é a única data do ano que você pode se dar a oportunidade de errar e se sobre-estocar.

Isso acontece, pois, além da Cyber Monday, inicia-se o período de compras de Natal. Ou seja, se sobrar estoque, terá logo após um período onde as vendas representam um volume 4 vezes maior que a Black Friday.

Aproveite a oportunidade para fazer um volume de compras que te traga uma negociação mais vantajosa, isso também te ancorará para as negociações de Natal. Mãos à obra!

 

Deixe uma resposta