Usaflex inaugura centésima loja da rede

1893
[tempo para leitura: 2 minutos]

A Usaflex, marca de calçados femininos, abre sua centésima loja, localizada no Shopping Garten, em Joinville (SC), seguindo o plano de expansão, que teve início em outubro de 2015.

“Soubemos aproveitar as oportunidades do mercado e ocupamos rapidamente os melhores espaços comerciais disponíveis com um projeto arquitetônico vencedor”, explica Marcos Finokiet, diretor de franquias da rede.

Para 2018, a continuidade do plano de expansão já está programada e estruturada. “A ideia é inaugurar entre 60 e 70 lojas. Além disso, vamos intensificar nossa atuação especialmente em SP, ampliando nossa participação nesse importante mercado”, conta Finokiet.

O plano da empresa é chegar a uma rede de 340 lojas até 2022. Para cumprir a meta, toda a equipe está se dedicando ao projeto, que encerra 2017 com 105 lojas, 89 a mais que o ano anterior, uma média de 7 lojas por mês. Segundo ele, em setembro foram inauguradas três lojas no mesmo dia, uma no Rio de Janeiro, uma em Belém e uma em Dourados, e, em Novembro, estão programadas mais 18 aberturas.

Em relação à infraestrutura da indústria, o foco é na expansão das atividades em Igrejinha-RS, sede da fábrica da Usaflex, em que está sendo investido na mudança do layout e aumento do quadro de funcionários para suprir as demandas de produção, já que a marca acaba de lançar uma linha de produtos masculinos.

Atualmente a marca possui oito unidades industriais localizadas estrategicamente nos Vales dos Sinos e Paranhana, no estado do Rio Grande do Sul, conta com mais de 3 mil colaboradores e produz diariamente 25 mil pares de calçados, que suprem a demanda brasileira e a de exportação, que é feita para os EUA, Oriente Médio e países das Américas Central e do Sul.

A companhia também avalia novos modelos de negócios. “Estamos avaliando, como foco em expansão internacional, o modelo de licenciamento. Recentemente inauguramos uma loja em Israel, através de um parceiro local, que está servindo de estudo e análise”, conta Marcos.

Deixe uma resposta