Volume total de vendas cresce 2,6% em março

1151
[tempo para leitura: < 1 minuto]

O SpendingPulse é um indicador macroeconômico mensal, que informa sobre gastos no varejo nacional e o desempenho do consumo. O relatório é feito com base nas atividades de vendas da rede de pagamentos Mastercard, juntamente com as estimativas para as outras formas de pagamento, incluindo dinheiro e cheque.

Em março, os setores em destaque foram móveis e eletrodomésticos, supermercados, artigos farmacêuticos, material de construção e artigos de uso pessoal e doméstico, enquanto combustíveis e vestuários tiveram desempenho abaixo do esperado.

O e-commerce continua como protagonista do mercado varejista, tendo apresentando aumento de 18,4% em março, em relação ao mesmo período de 2017. Os setores de eletrônicos e móveis demonstraram desempenho superior à média do canal de distribuição, enquanto os setores de artigos farmacêuticos, vestuários e hobby & livraria ficaram abaixo do crescimento no canal.

Para César Fukushima, Economista-Chefe da Mastercard Advisors no Brasil, apesar de apresentar algumas dúvidas com relação à economia, o consumidor demonstra sinais de confiança. “Feriados como a Sexta-feira Santa e Páscoa impactaram positivamente nas vendas totais no mês de março, apresentando expansão de 4,2% em relação ao mesmo período do ano passado”, destaca.

As regiões Sul (4,8%) e Nordeste (3,2%) tiveram desempenho acima da média, enquanto Norte (2,3%), Sudeste (2,4%) e Centro‑Oeste (-1,1%) ficaram abaixo do registrado pelo varejo, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

*Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui