NÃO ATIRE PARA TODOS OS LADOS – Trabalhe para ser um sniper*! Sua marca agradece

0
1038

Se para um bom sniper uma arma com visão de águia, impacto mortífero e poder de fogo monstruoso são atributos essenciais para escolha do melhor instrumental; para as empresas, a chave é contar com uma boa estratégia de Go To Market e ferramentas de otimização.

Sabemos que o cenário está cada vez mais competitivo e a retomada do consumo ainda caminha de forma tímida pelas incertezas no cenário político e momento econômico brasileiro. Apesar de alguns indicadores econômicos que possuem forte correlação com o consumo (emprego, renda, inflação e índice de confiança) mostrarem uma tímida melhora, esses não sinalizam no curto prazo mudanças tão positivas assim.

Apoiado pelo monitoramento e análises da nossa área de inteligência de mercado compartilho a evolução desses indicadores como pano de fundo para esse artigo.

A taxa de desemprego do período acumulado de fevereiro a abril foi de 12,9%, o resultado foi menor do que o registrado no trimestre encerrado em março, quando a taxa foi de 13,1%. Atualmente, temos 13,4 milhões de pessoas desempregadas.

O rendimento médio real dos trabalhadores fechou em R$ 2.182, representando poucas mudanças frente aos períodos anteriores.

Já a inflação acumulada continua abaixo da meta estipulada pelo governo. Em maio de 2018, o resultado acumulado em 12 meses foi de 2,86%. Os setores de produtos eletrônicos, alimentação no domicilio e brinquedos passam por deflação nos seus preços.

O indicador de confiança do consumidor caiu alguns pontos em maio, ao passar de 89,4 para 86,9 pontos.

Essa conjuntura também reflete no comércio varejista. Na comparação anual, o varejo restrito cresceu 0,6% em abril. E a média deste ano já está em 3,4% maior do que os anos anteriores.

Sabemos que o momento é delicado e esse contexto exige a assertividade de um sniper na revisão da estratégia de canais e escolha das ferramentas de forma certeira.

Se seu objetivo é atingir o alvo, enxergamos algumas questões essenciais e chaves para isso:

  • Clareza em relação ao melhor composto do marketing mix (estratégia de produtos, de preços, comunicação e distribuição)
  • Regras claras, processos eficientes, ferramentas úteis e abordagens assertivas de vendas de cada canal e intermediários são fundamentais para o momento.
  • Modo de pensar voltado ao sell-out e não somente para o sell-in, ou seja, venda através dos canais e não para os canais, ou clientes como queiram chamar. 

A revisão de canais não deve parar nas definições estratégicas. Deve-se avançar e repensar seus PROCESSOS, valendo-se de FERRAMENTAS para conquistar novos mercados e também para aumentar as vendas nos mercados atuais.

Para a OTIMIZAÇÃO existem diversas ferramentas, tais como: automação da força de vendas, geomarketing, marketplace B2B, catálogo eletrônico, jornada de compra e venda consultiva. E quando sincronizadas os resultados são ainda mais surpreendentes.

Quer saber um pouco mais sobre o tema, baixe o nosso e-book e vamos pensar juntos em alternativas para sua marca VENDER MAIS E MELHOR.

* Sniper é uma palavra oriunda do idioma inglês, que pode ser traduzida como franco-atirador ou atirador de elite.

 

Nota:

Nós da GS&Consult somos experts em varejo e relações de consumo. Estamos comprometidos em ajudar as marcas a avaliar e superar esses desafios e apoiamos no desenvolvimento de suas estratégias e na construção de suas operações de varejo. Saiba mais no nosso site www.gseconsult.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui