Aplicativo auxilia produtores rurais a comparar preços de insumos

1345
[tempo para leitura: 2 minutos]

Com o objetivo de auxiliar os agricultores a encontrar os melhores preços e as operações mais vantajosas na hora da compra de insumos foi criado o aplicativo BeeAgro, disponível gratuitamente para IOS e Android. A criação funciona de forma colaborativa, os próprios produtores informam na plataforma, anonimamente, os preços pagos em seus insumos.

De acordo com Guilherme Moraes Ferraudo,  sócio-fundador da empresa, a BeeAgro é uma startup focada no agronegócio, para ajudar o produtor rural a tomar melhores decisões, além de ter como missão democratizar a informação e auxiliar os agricultores na competitividade dos seus negócios.

“O app oferece aos produtores rurais a opção de pesquisar preços com respostas rápidas e práticas. Atuamos com o conceito de economia compartilhada, por meio da qual nossos clientes contribuem de forma anônima para a melhoria da plataforma e também se beneficiam ao comparar suas ofertas de compra com a referência dos demais agricultores”, explicou Ferraudo.

Para o fundador, o aplicativo dá autonomia aos agricultores para se informar antes de realizar as compras com seus fornecedores de preferência (distribuidores, cooperativas ou direto da indústria). No BeeAgro, além da opção de busca rápida de preço, o produtor pode optar pelo relatório de safra, onde será possível comparar, detalhadamente, sua performance de compra, como, por exemplo, custo/cultura/hectare, recomendações de produtos similares mais bem avaliados e volume gasto/produto/hectare.

Para que a BeeAgro pudesse chegar ao mercado, no formato de plataforma de busca de preço, já foram investidos mais de R$ 100 mil. Inicialmente, o app vai disponibilizar preços de defensivos e híbridos de milho. Já para o relatório de safra, cobrirá culturas anuais.

A inspiração para a criação surgiu quando Guilherme, que é PhD em Agronomia pela Universidade Estadual Paulista e atuou na multinacional Monsanto, trabalhou com o sogro na propriedade dele em Frutal (MG).

“Dentre diferentes atribuições nas lavouras de cana-de-açúcar e amendoim, fiquei responsável pela compra de insumos. Por não conhecer muito bem a praça busquei informações sobre como poderia comprar melhor. Procurei diferentes canais para cotar preços e notei que os valores podem variar muito e que o vendedor, muitas vezes, tem melhores condições no desenrolar da negociação. Basicamente, a partir dessa necessidade veio a ideia de desenvolver a BeeAgro com o intuito de trazer mais transparência de preço”, contou o fundador.

Além da plataforma, a tecnologia também possui uma rede social dedicada aos produtores rurais, desenvolvida também por Ferraudo. Chamada YouAgro, ela foi lançada este ano e já conta com mais de 5 mil usuários cadastrados, cerca de 25 novas adesões diárias e mais de 140 grupos de discussão. “Lá, disponibilizamos um espaço para troca de experiências e oportunidades de negócios nos grupos de discussão. É uma forma de conectar pessoas interessadas num mesmo propósito: o agronegócio”, explicou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui