Contém 1g entra com pedido de recuperação judicial

1177
[tempo para leitura: < 1 minuto]

A Contém 1g entrou com um pedido de recuperação judicial na Coparca de São João da Boa Vista, no interior de São Paulo. Agora a marca deve apresentar um plano de recuperação em até 60 dias. A empresa tem R$40 milhões em dívidas. O BNDESPar, detentor de debêntures da Contém 1g, é credor de um quarto do valor.

A companhia trabalha com o sistema de marketing multinível, no qual ganha pela venda de produtos, mas também pelo recrutamento de outros vendedores para a marca. O sistema, que está em funcionamento desde 1997, será abandonado.

O faturamento do grupo cresceu 60% em 2017, chegando a R$114 milhões. Mesmo assim, a margem não foi suficiente e o endividamento aumentou.

No pedido de recuperação, a empresa afirmou: “Ocorre que, em detrimento de um conjunto de fatores econômicos, aliados à crise econômica que o Brasil vem enfrentando, que será profundamente explanada em momento oportuno, as empresas sofreram forte impacto em suas atividades, o que culminou no caos financeiro que hoje se encontram. Assim, não restou alternativa senão a adoção da recuperação judicial, cujo plano apresentado no momento oportuno reorganizará o passivo do grupo Contém1g, fazendo com que este retome sua costumeira estabilidade, e, posteriormente, seu esperado crescimento econômico”.

*Informações retiradas do portal InfoMoney

*Imagem reprodução

Deixe uma resposta