Lançada a primeira criptomoeda voltada para o varejo, criada no Brasil

0
3001

Será lançada em novembro a primeira criptomoeda voltada para o varejo. Batizada de Wibx ela deverá ser usada exclusivamente nas trocas entre marcas e consumidores do varejo. A moeda digital foi criada em São José dos Campos, a partir de um projeto que custou quase R$ 5 milhões em três anos, com o apoio do Grupo de Pesquisa em Engenharia de Software do ITA (Instituto Tecnológico Aeronáutico).

A criptomoeda deve funcionar como um sistema de pontuação aos consumidores quando acessam as páginas dos varejistas que utilizam a plataforma da Wibx. Para conseguir uma unidade da criptomoeda, chamada token, o cliente precisa recomendar o varejista em suas redes sociais.

Os tokens poderão ser usados para a aquisição de produtos ou serviços de varejistas oferecidos na plataforma e ainda trocá-los por outras criptomoedas em bolsas focadas nas moedas virtuais.

Os tokens não podem ser regulados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), pois tem um uso específico, sendo, por isso, conhecidos como utility tokens. A oferta inicial da moeda não exige aprovação do controlador do mercado de capitais e será feita em um site, uma plataforma virtual, de forma semelhante ao que acontece nas ofertas de ações.

No início, serão oferecidos 12 bilhões de tokens, com um valor final previsto de US$ 0,04 por unidade, em processo que deve ser encerrado em fevereiro de 2019.

*Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui