Startup lança cartão de crédito recarregável em criptomoeda

0
702

A fintech Uzzo, empresa que oferece soluções de pagamentos com a utilização de criptomoedas, lançou um cartão de crédito recarregável com a bandeira Mastercard. Ele aceita a nova criptomoeda BestKoin, além do Bitcoin. A conversão e transferência do dinheiro ocorrem no tempo de confirmação da blockchain – que, atualmente, é mais rápido do que uma TED ou um DOC no sistema financeiro tradicional.

As criptomoedas fazem parte da chamada “revolução financeira” capitaneada pelos bitcoins. Seu uso no cotidiano está aumentando exponencialmente, tanto por parte das empresas como dos consumidores, inclusive no Brasil. “É um movimento mundial, disruptivo. Buscamos uma solução que permitisse aos clientes operar com esses ativos com a mesma facilidade do dinheiro tradicional, com segurança e benefícios”, afirmou Thiago Lucena, CEO & co-founder da Uzzo.

Para solicitar o cartão não é necessário ter conta bancária ou esperar pela aprovação de crédito. O cartão físico não possui anuidade (apenas as taxas e tarifas de operação, como recarga e saque) e pode ser utilizado em todos os estabelecimentos que aceitam a bandeira Mastercard – hoje são mais de 36 milhões, físicos ou online, em 210 países. Ele possibilita a realização de saques 24h/dia em todas as lotéricas e na Rede Banco 24Horas. Há ainda benefícios como um cashback de até 1% sob as transações de compra na função crédito e a participação gratuita no programa de vantagens “Mastercard Surpreenda”.

No próprio aplicativo os usuários podem visualizar a cotação da criptomoeda, solicitar o cartão e administrar a conta, além de acompanhar o saldo em reais e as transações, possibilitando a utilização da criptomoeda a qualquer momento (24h/dia) de forma rápida e simples. O atendimento é feito por telefone, e-mail ou chat no aplicativo.

Para esse lançamento, a Uzzo firmou uma parceria comercial com a Atlas Quantum, plataforma global de investimentos em criptomoedas e ativos digitais.

“A Uzzo surgiu para otimizar o modelo atual de serviços de pagamento. Nosso objetivo é transformar esse meio de pagamento em algo que faça parte do cotidiano das pessoas, oferecendo uma solução acessível e segura, como acontece hoje com as transações convencionais”, afirmou Alfredo Luz, COO e co-founder da Uzzo.

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui