Estratégia para gerar negócios: varejistas investem em cartão próprio de loja

245
[tempo para leitura: 2 minutos]

O Brasil já começou a demonstrar os primeiros sinais de aumento de confiança, tanto por parte dos empresários quanto dos consumidores. No varejo, o cenário não deixa de ser animador. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a previsão é de que as vendas do varejo ampliado avancem 5,2% no país em 2019 (inclui setores automotivo e de materiais de construção). Em 2018, a alta deve ser de 4,5%. Com relação ao PIB, a expectativa é de um crescimento superior a 2%.

Dentro deste contexto, uma estratégia que está sendo muito valorizada pelos pequenos e médios varejistas com tendência de crescimento em 2019 é a oferta do cartão próprio de loja com bandeira (private label) e com aceitação global.

A CREDZ, por exemplo, é uma emissora e administradora de cartão de loja com bandeira com foco no  varejista e que tem dobrado de tamanho a cada ano. Isso acontece porque os lojistas reconhecem que ao possuir um cartão próprio de loja, com a sua logomarca impressa e uma comunicação direta com o seu consumidor, alavanca as vendas, aumenta o ticket médio e a recorrência dos consumidores no ponto de venda.

Além de todos os benefícios, a CREDZ leva para o varejista uma completa estrutura de marketing e CRM (sigla em inglês que significa gestão de relacionamento com o cliente) que permite mapear e conhecer o comportamento de compra do consumidor e com o isso o lojista pode, por exemplo, segmentar o perfil de seus clientes para oferecer promoções e ofertas personalizadas.

Para o consumidor, a proposta de valor combina acesso a um instrumento de pagamento completo e digital com linhas crédito diferenciadas e parcelas que cabem no bolso ao mesmo tempo em que permite maior poder de compra com segurança, conveniência, um programa de fidelidade completo e simples de ser usado resgatado, além de promoções, ofertas e benefícios exclusivos via app com navegação gratuita.

Segundo o presidente da CREDZ, José Renato Borges, a expectativa de alavancagem nas vendas dos médios varejistas que utilizam o cartão em 2019 é alta. “O cartão de loja com bandeira é uma ferramenta de inclusão financeira para consumidores desbancarizados e para àqueles que buscam alternativas de parcelamento sem comprometer o orçamento”, explica Borges.

Josué Varella, diretor do Grupo TBFG (Polo Wear, Planet Girls, Hot Point e Top Brands), reforça o quanto a estratégia contribui para gerar negócios. “O nosso cartão aumenta o poder de compra do consumidor e chega a dobrar as vendas em função do acesso ao crédito. Hoje nós temos um produto financeiro que fideliza os nossos negócios, formando, ainda, uma carteira de clientes. Estamos nesta parceria há um ano e já foram emitidos mais de 111 mil cartões para as 200 lojas do grupo em todo o Brasil”, explica.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta