Setor supermercadista de Minas Gerais cresce em 2018

289
[tempo para leitura: 1 minuto]

O segmento supermercadista de Minas Gerais encerrou 2018 com 7.242 lojas em funcionamento, com a abertura de 69 unidades. As projeções da Associação Mineira de Supermercados (AMIS) no início do ano eram de que 60 lojas seriam inauguradas.  Os investimentos em expansão também superaram as previsões. A entidade projetava que R$ 440 milhões seriam investidos ao longo de 2018 e o montante chegou a R$ 514 milhões.

Houve crescimento também nas vendas em 2018. De acordo com a pesquisa “Termômetro de Vendas”, da AMIS, o faturamento do segmento supermercadista mineiro foi de R$ 35,8 bilhões no ano passado, ou seja, 2,98% a mais que em 2017.

O modelo atacarejo ganhou força em 2018, com 25 unidades, sendo 22 novas lojas e três transformadas de outros formatos. Mas as lojas de vizinhança continuam predominando nos investimentos supermercadistas e recebendo mais atenção dos empresários. Durante o ano, foram abertas 45 unidades de vizinhança. As outras duas lojas abertas foram um hipermercado compacto e uma Express. Esta última trata-se de pequenas lojas que devem ganhar força no setor em 2019.

As principais redes do Estado anunciaram a manutenção ou ampliação dos investimentos em abertura ou reforma de lojas em 2019. De acordo com os dados iniciais levantados pela AMIS, cerca de 70 unidades deverão ser inauguradas, com novos avanços na geração de empregos, que devem ficar em 7,3 mil novos postos.

As mudanças na política com novos governos tanto em âmbito estadual quando federal trouxeram mais esperança aos empresários do ramo. A expectativa é que as mudanças administrativas tragam mais estímulos ao crescimento econômico, facilitando os investimentos e a geração de empregos.  Se isso se confirmar, o setor deverá ter um crescimento na casa dos 4% em 2019, de acordo com projeções da associação.

*Imagem reprodução

Deixe uma resposta