Natura investe em digitalização para aumentar produtividade

1085
[tempo para leitura: 1 minuto]

De acordo com executivos da Natura, a marca começa o ano com uma visão positiva e focada em consolidar seu modelo de vendas, enquanto aumenta a produtividade das consultoras com a digitalização das operações.

“Ainda temos um longo caminho a percorrer (na digitalização dos serviços), mas a produtividade deve continuar crescendo conforme nossas consultoras adotam a plataforma”, afirmou o diretor-presidente da Natura, João Paulo Ferreira, em teleconferência com analistas e investidores sobre o balanço.

Na véspera, a companhia divulgou alta de 48,7% no lucro líquido do quarto trimestre, para 381,7 milhões de reais, beneficiada pela melhora do desempenho operacional, despesas menores e alíquota mais baixa de impostos de renda.

Ferreira destacou que a Natura já conta com 200 lojas abertas por consultoras e espera acelerar o ritmo de aberturas dentro desse modelo nos próximos meses. E a empresa também mantém os planos de inaugurar mais lojas em shoppings, acrescentou.

Ainda segundo ele, as categorias de produtos que mais vem ganhando participação de mercado são perfumaria e produtos de cuidados com o corpo (body care).

Em relação à The Body Shop, adquirida pelo grupo brasileiro em 2017, o presidente executivo do conselho de administração da Natura, Roberto de Oliveira Marques, afirmou que o processo de transformação organizacional está bem encaminhado.

O fechamento de lojas da marca impactou o desempenho total de vendas da The Body Shop no ano passado e, conforme o diretor financeiro e de relações com investidores da Natura, José Filippo, ainda há mais unidades a serem fechadas ao longo deste ano.

Fonte: Reuters

*Imagem reprodução

Deixe uma resposta