Alibaba investe em blockchain e Internet das Coisas

677
[tempo para leitura: 1 minuto]

O Alibaba Group está estudando utilizar a tecnologia de blockchain em suas cadeias de suprimentos transfronteiriças. A afirmação foi feita por Liu Song, vice-presidente do grupo, que destacou também que a companhia, no futuro, pode implementar a blockchain em cadeias de suprimento complexas para criar um sistema de ciclo fechado ecológico que poderia ser vinculado aos governos locais.

Mas estas não são as únicas apostas em novas tecnologias do Alibaba. A gigante também planeja desenvolver novas tecnologias, como Internet das Coisas (IoT) e blockchain nos campos de despachantes aduaneiros, logística internacional e finanças comerciais.

No final do ano passado, a empresa anunciou uma atualização de sua plataforma de serviços para uma plataforma de cadeia de fornecimento transfronteiriça com o uso das tecnologias de IoT e blockchain.

O grupo já havia informado que o Alibaba Cloud, empresa do grupo dedicada à computação em nuvem, irá expandir seu Blockchain-como-Serviço (BaaS) de nível corporativo para os principais mercados internacionais, incluindo Europa, Estados Unidos e Sudeste da Ásia.

No início de outubro, o Alibaba Group apresentou um pedido de patente para um sistema baseado em blockchain, autorizando as partes a congelar ou suspender contas de usuários associadas a transações ilegais, ou intervir em uma rede blockchain.

Recentemente, a Organização Mundial do Comércio publicou um relatório que enfatizava a eficácia dos pedidos de blockchain para várias indústrias transfronteiriças, incluindo as de financiamento, logística e transporte.

*Imagem reprodução

Deixe uma resposta