Almeida Junior cria plataforma omnichannel

283
[tempo para leitura: 2 minutos]

A rede de shopping centers Almeida Junior criou a plataforma SHOPPromo, com o objetivo de promover a integração entre os universos online e offline. O sistema opera por meio do aplicativo da companhia e permite que o cliente selecione um dos shoppings da empresa –Norte e Neumarkt Shopping (Blumenau), Garten Shopping (Joinville), Balneário Shopping (Balneário Camboriú), Continente Shopping (Grande Florianópolis) e Nações Shopping (Criciúma) – e as promoções que estão cadastradas no app. O consumidor pode reservar o cupom e finalizar a compra retirando o produto na loja física do shopping selecionado.

Com base nos dados dos clientes que utilizam a plataforma, a taxa de conversão é de aproximadamente 26%. As promoções, que podem ser de diferentes segmentos, possuem prazo de validade e ao lado de cada produto ofertado há um cronômetro que sinaliza por quanto tempo é possível garantir o valor promocional.

A solução possibilita que os descontos sejam oferecidos online e incrementa o fluxo de clientes na loja física. Para o cliente, uma das principais vantagens é garantir o desconto no celular e retirar o produto no mesmo dia, sem precisar aguardar a entrega pelo correio.

A empresa tem 70% do market share em Santa Catarina e desde 2016 investe em seu próprio Laboratório de Inovação e Experimentação, o AJ.LABS, que desenvolveu a plataforma. No laboratório foram firmadas parcerias com uma empresa norte-americana especializada em social-ID; com outras companhias especializadas em jornadas do consumidor, que utilizam mapas de calor de mall para melhorar a precisão e direcionamento das ações de ativação e com a Reviewr, que analisa os dados extraídos das avaliações, responde e dá voz ao consumidor no ambiente digital, auxiliando na melhoria da reputação online e do relacionamento com os clientes.

O número de startups de tecnologia vem crescendo na capital catarinense, tanto que Florianópolis já é conhecida como a Ilha do Silício brasileira. O estado soma apenas 2% da população nacional e reúne 20% das startups do país, sendo que São Paulo tem 28%*. Segundo a ACATE (Associação Catarinense de Tecnologia) existem 12 mil empresas do setor no estado, que faturam juntas R$ 15,5 bilhões. Só em Florianópolis, são 3,9 mil empresas que faturam R$ 6,4 bilhões. Na capital catarinense, a cada 1 mil habitantes, 25 atuam em empresas de TI, o que confere à cidade a liderança nacional no ranking de densidade.

Nesse ambiente foi criada a Vertical Varejo da ACATE, que promete fomentar mais iniciativas e inovações para o varejo. “Hoje tudo é muito mais dinâmico e rápido. É fundamental compartilhar experiências e incentivar o setor de tecnologia a apostar em novas ferramentas voltadas, especificamente, para o varejo e investir nessas iniciativas”, disse Monique Campos, superintendente de Marketing Corporativo da Almeida Junior. A rede de shoppings participou do projeto para a criação da Vertical Varejo e hoje é sponsor. “Nosso papel como líder do mercado é provocar discussões, eventos e iniciativas para o varejo. Neste sentido a Vertical será essencial para fazermos a conexão com as startups e todo este ambiente de inovação que a ACATE proporciona”, finalizou.

*Imagem reprodução

Deixe uma resposta