Preço é fator determinante para o consumidor

284
[tempo para leitura: 1 minuto]

O preço continua sendo o principal fator na hora da compra online, de acordo com os dados da  sexta edição da pesquisa do Zoom, site e app comparador de preços e produtos, realizada com 5.369 respondentes, em parceria com a Consumoteca. Mesmo com as previsões positivas para o cenário macroeconômico, as incertezas políticas e econômicas deixam os consumidores brasileiros mais cautelosos com o orçamento e cientes da importância de pesquisar preços para economizar.

O segundo item mais importante para o e-consumidor é a experiência de compra, fator que liderava o ranking nos primeiros anos da pesquisa. Por mais que o preço tenha ocupado o primeiro lugar em 2018 e 2019, o consumidor está cada vez mais exigente com a experiência oferecida pelos mercados. Um reflexo disso é que a avaliação das lojas, em sites como o Reclame Aqui, está ganhando cada vez mais relevância no processo de decisão. Em 2018, 30% dos respondentes afirmaram que pesquisavam sobre a reputação das lojas. Nessa edição, o item ocupa o terceiro lugar no ranking, com 32% dos votos.

Além disso, o quarto lugar do levantamento também reafirma a necessidade de uma boa experiência: a classificação das lojas nos comparadores de preço (Ótima, Muito boa, Boa, Razoável, Ruim, etc), foi votada por 31% dos entrevistados, seguindo a mesma média do ano passado.

Para Thiago Flores, CEO do Zoom, o consumidor brasileiro está mais maduro e exige excelência em todos os serviços prestados. “Nos primeiros anos da pesquisa, questões como a confiança na entrega lideravam o ranking. Com o passar do tempo, e o amadurecimento do e-commerce, essas questões perderam um pouco de força. Atualmente, os consumidores estão se preocupando, cada vez mais, com a experiência oferecida pelas lojas e pesquisam bastante sobre as suas reputações, antes de finalizar a compra.”

*Imagem reprodução

Deixe uma resposta