Lojas Americanas faz parceria com a Fundação Amazonas Sustentável

122
[tempo para leitura: 3 minutos]

A Lojas Americanas inicia parceria com a Fundação Amazonas Sustentável (FAS), organização brasileira não governamental que atua há mais de dez anos na região amazônica, para promover o desenvolvimento sustentável, a conservação ambiental e a melhoria da qualidade de vida das comunidades ribeirinhas.

Ciente do seu papel no desenvolvimento econômico e social e da importância da Amazônia para o Brasil e o mundo, a Lojas Americanas direciona seu investimento social para projetos de educação e conectividade na região. A iniciativa integra as diretrizes de responsabilidade e sustentabilidade da Lojas Americanas, alinhadas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU (Organizações das Nações Unidas).

Com base em uma metodologia participativa com comunidades ribeirinhas da Amazônia, a FAS definiu junto com a Lojas Americanas o direcionamento dos seus investimentos em quatro projetos: educação ambiental voltada para boas práticas em gestão de resíduos sólidos; acesso à conectividade, à inclusão digital e à capacitação tecnológica para comunidade escolar e local; estímulo ao empreendedorismo jovem com oferta de cursos de qualificação profissional voltados aos interesses das cadeias produtivas locais; e melhoria da alfabetização local e fortalecimento do ensino primário fundamental, por meio da formação continuada de professores e realização de diagnósticos educacionais.

“Ao todo, a iniciativa impactará 123 comunidades ribeirinhas e indígenas e mais de 1.500 pessoas por meio de projetos apontados como prioritários por moradores da região, em conjunto com a FAS”, comenta Carlos Padilha, diretor financeiro e de sustentabilidade da Lojas Americanas. “Mesmo nas regiões mais isoladas, será possível acessar a internet e se comunicar de forma mais ágil e efetiva com todo o Brasil e o mundo.

Assim, conseguiremos promover melhores condições de comunicação, educação e geração de renda para que os moradores locais possam se manter em suas comunidades com uma infraestrutura que não agrida o meio ambiente e que lhes abra novas e melhores condições de vida”, acrescenta Virgílio Viana, superintendente geral da Fundação Amazonas Sustentável.

ODS e parceria

Os projetos desenvolvidos em parceria com a FAS contemplam 5 dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que integram o plano de ação da ONU para o desenvolvimento sustentável da humanidade até 2030:

  • ODS 4: trabalha a educação inclusiva e de qualidade para todos.
  • ODS 8: defende o emprego digno e o crescimento econômico.
  • ODS 10: busca a redução das desigualdades.
  • ODS 12: promove o consumo e a produção responsáveis e está sendo trabalhado pela primeira vez pela Lojas Americanas.
  • ODS 17: estimula a formação de parcerias para a implementação das metas previstas nos ODS.

Local e global

O objetivo central dos projetos é proporcionar a essas comunidades, que hoje vivem em áreas ainda isoladas da Amazônia, a possibilidade de se manter na região com melhores condições de vida, capacitação através de educação complementar e novas oportunidades de geração de renda, respeitando a cultura local e o meio ambiente. Um importante passo nesse sentido será o projeto voltado para a inclusão digital e à capacitação tecnológica.

A Lojas Americanas levará conectividade à região e investirá na adaptação da infraestrutura dos 9 Núcleos de Conservação e Sustentabilidade da FAS, para instalação e renovação de laboratórios de informática, adquirindo todos os recursos digitais necessários para que a comunidade escolar e ribeirinha possa ser capacitada em tecnologia da informação, até aqui inacessível por conta da distância em relação aos grandes centros. Serão oferecidos cursos para 180 jovens e mais de 1.000 pessoas terão acesso aos computadores dos laboratórios de informática.

Educação e empreendedorismo

Na frente de educação ambiental e gestão de resíduos, a Lojas Americanas está ampliando o atual projeto de 8 para 11 comunidades da Área de Proteção Ambiental do Rio Negro e Reserva de Desenvolvimento Sustentável Puranga Conquista. Os moradores locais serão capacitados a realizar coleta seletiva, encaminhamento correto dos resíduos sólidos e entenderão a importância da redução da geração de resíduos.

Já no eixo de empreendedorismo, o investimento da companhia vai proporcionar 5 cursos anuais de formação inicial, com carga horária de 60 horas cada. O objetivo é fornecer qualificação profissional para jovens e adultos dos 9 Núcleos de Conservação e Sustentabilidade da FAS. Os temas dos cursos são relacionados aos interesses das cadeias produtivas locais, como pesca, turismo e artesanato, entre outras áreas. As aulas serão desenvolvidas e ministradas em parceria com instituições voltadas ao empreendedorismo e o Centro de Educação Tecnológica do Estado do Amazonas (CETAM).

Por fim, a Lojas Americanas promoverá a melhoria da alfabetização para moradores dos municípios de Itapiranga e Iranduba em parceria com a FAS e as Secretarias Municipais de Educação dos municípios.  Além do desafio de logística e isolamento das comunidades, as escolas ribeirinhas do Amazonas também carecem de formação adaptada à realidade local. Por isso, o projeto será voltado tanto para professores do ensino fundamental (1ª a 5 ª série) como gestores municipais de escolas do interior com o objetivo de impactar positivamente os alunos. Serão dois ciclos anuais de 16 horas cada, que beneficiarão 50 professores, 10 gestores municipais e 200 estudantes.

Deixe uma resposta